Pesquisa rápida!

Ei, pessoal!!

Passando rapidinho pra pedir um favor que só vai tomar 2 minutinhos do seu precioso tempo! 😀

Estou atualizando os dados do perfil da minha audiência (minha última atualização é do início de 2012!) e gostaria de contar com a colaboração de vocês pra responderem este pequeno questionário (é anônimo, não precisa se identificar)… São 5 perguntas fechadas, super rapidinho!

Quando terminarem, peço que cliquem em “submit”  pra enviarem as respostas! Muitíssimo grata e um beijo pra vocês!! =**

NOVO VÍDEO: Disciplina nos treinos, algumas dicas rápidas!

Ei, pessoal!! Espero que tenham passado muito bem de fim-de-semana! 🙂

O vídeo de hoje é na verdade uma resposta bem objetiva aos diversos questionamentos que recebo sobre como manter a disciplina nos treinos. Quis dividir algumas dicas e palavras de encorajamento pra que a gente consiga se desafiar a manter uma rotina regular de exercícios físicos…

Naturalmente, existem muitas outras técnicas e estratégias, e cada pessoa se adapta melhor àquelas que mais tem a ver com seu perfil. Mas é necessário partir de algum ponto, e eu espero que este vídeo te ajude a descobrir qual a melhor técnica e estratégia pra te manter ativo e comprometido com seus objetivos fitness! 😉

Um grande beijo e boa semana!! =**

Um pouco da história de Perpetua! (alerta de post gigante!)

Eu sempre quis ter acesso a uma obra que reunisse os principais pensamentos e idéias de mulheres reais que passaram pela terra desde o início da civilização. Mulheres do mundo inteiro e de todas as idades, que de alguma maneira marcaram a história e fizeram com que seus nomes ganhassem fama ainda que milhares de anos mais tarde…

Daí pesquisando, encontrei este livro chamado Sacred Voices – Essential Women`s wisdom Through the Ages (Vozes Sagradas – Sabedoria Essencial das Mulheres ao longo das Épocas), escrito/editado pela escritora Mary Ford-Grabowsky que é doutora em Teologia e Espiritualidade.

O livro faz um apanhado das principais figuras femininas que se destacaram na história por sua sabedoria e espiritualidade em diversas épocas e lugares do mundo, contando um pouco do que se sabe e do que se tem documentado sobre a vida e obra de cada uma. Um primor, de fato!

sacred_voices

Confesso que fiquei um pouco desapontada quando iniciei minha leitura, por achar tudo muito fragmentado, sem sentido e desconexo. Não conseguia me identificar com nenhuma daquelas mulheres, e cheguei a considerar abandonar o livro de vez. Porém um dia, folheando as páginas sem compromisso ou intenção de ler, me vi numa parte do livro com histórias muito mais coesas, e com uma narrativa bem mais detalhada e interessante!

Foi nesta parte que li várias histórias fantásticas, como a história de Dhuodana (803 – 843), uma francesa que depois de ter sido forçosamente separada de seus dois filhos, resolve então escrever um livro intitulado “Um manual para William” direcionado ao seu filho mais velho de 16 anos, pois o nome de seu caçula que ainda era bebê, ela sequer sabia.

Sua intenção com este livro era transmitir aos seus filhos todo aquele legado de ensinamentos e lições de mãe, que ela infelizmente não teria a oportunidade de transmitir pessoalmente ou  através da convivência. Achei a coisa mais linda e pura a maneira como ela introduz o livro ensinando a William quem é Deus e como amá-Lo e adorá-Lo… Ela pede encarecidamente que ele repasse estes mesmos ensinamentos a respeito de Jesus ao seu irmãozinho, quando ele crescer.

Dhuodana também desafia seus filhos a sempre buscarem a paz com todos os homens e, sobretudo, a perseguirem o conhecimento através de muitos, muitos livros… Pouco tempo depois da conclusão do livro “Um manual para William”, Dhuodana morre, no ano de 843.

perpetua_sacred_voices

Agora, a história que realmente me marcou e me deixou de cabelo em pé, foi a história de Perpetua (182 – 202), da Tunísia! Basicamente, e por ser cristã, ela se recusa a participar do sacrifício anual aos deuses romanos (que era obrigatório a todos os cidadãos de Roma), e acaba sendo presa juntamente com sua criada, que por sinal estava grávida e deu à luz na prisão!

Perpetua tinha 20 anos e um bebê que ainda mamava no peito. Em seu diário, ela descreve as diversas visitas que seu pai lhe faz na prisão, implorando pra que ela abandone a fé em nome do seu filho, que ainda era tão dependente da mãe… Numa das primeiras visitas, ela toma um vaso nas mãos e diz ao pai: Por acaso este vaso pode ser chamado de outra coisa que não seja “vaso”? Eu, da mesma maneira, não posso ser chamada de outra coisa que não seja “cristã”, porque é o que sou.

Ela não nega sua angústia, culpa e ansiedade em relação ao seu filho, e ora a Deus pra que providencie uma solução. Foi quando ela obteve permissão para manter o bebê junto dela no cárcere até o dia da execução de sua pena: morte na arena por animais ferozes.

perpetua

Até então, ela ainda não havia orado a Deus a respeito da pena imposta, e se por acaso Ele a haveria de livrar das mãos das autoridades romanas. A pedido de seu mui querido irmão, Perpetua ora, e Deus lhe dá um sonho em resposta:

Então eu vi uma escada de bronze que chegava até o céu, e em sua base, havia um dragão. Eu orei em nome do Senhor, e o dragão se agachou. Pisando em sua cabeça, eu subi a escada até o topo… E um homem de cabelos grisalhos, rodeado por milhares de pessoas vestidas de branco, se dirigiu a mim e disse: Bem-vinda, minha filha! Ao que eu respondi: Amém!

Diante desta resposta, Perpetua conheceu o destino que a aguardava… E a partir daí, ela passa a orar diligentemente pedindo a Deus que console seus familiares, cuide de seu bebê, e a ajude a enfrentar a dor física que dali em breve viria a sentir na carne.

Pouco tempo antes de cumprir sua sentença de morte, Perpetua sentiu de Deus o conforto de que seu filho não passaria fome pois já não precisaria mais do leite materno. Um sinal recebido foi o alívio da dor e da sensação de pressão nos seios que ela sentia constantemente, mas que agora já não sentia mais.

E a história de Perpetua termina assim: ela na arena com um animal feroz, e depois de alguns golpes e diante da impaciência da *platéia*, a espada de um soldado romano lhe tira a vida.

Postcard-Depicting-Christian-Martyrs-In-The-Arena-In-Rome

É claro que Perpetua não foi nem a primeira e nem a última mártir cristã… Mas quando tento imaginar e mensurar o tamanho de tudo o que ela sentiu, e as decisões de coragem que ela precisou tomar para cumprir o desígnio de Deus, chego a estremecer. O nível de desprendimento de Perpetua é algo realmente impressionante. Ela se desprende do sentimento de culpa por ser mãe, da necessidade de ser aprovada e aplaudida por suas decisões, e principalmente: ela se desprende do direito de ser livrada!

Fico pensando em como nossos corações estão cada vez mais investidos no lugar errado. A supervalorização dessa vida não nos deixa ver a história de Perpetua sem aflição e tormento… Será que pensamos como seu pai, que certamente acreditava que Perpetua mais perderia (pelas coisas que ela deixou pra trás), do que ganharia (pelas coisas que a aguardavam ao lado de Jesus)?

Eu mentalizo o céu e me pergunto: Isso aqui que eu conheço como vida vale mais do que a vida eterna ao lado de Jesus, que eu não conheço, mas que pela fé eu sei que é muito maior? Será que essas perguntas nada mais são do que o reflexo do que tem sido ensinado por aí? De que o evangelho é um meio para alcançarmos não a Jesus e a salvação, e a vida eterna; e sim para alcançarmos as coisas que queremos ter, no aqui e no agora, de acordo com nossos interesses pessoais…?

Ficam as perguntas. Precisamos orar a fim de encontrarmos graça e misericórdia da parte de Deus, pra que Ele nos endireite e não nos deixe viver enganados. Espero que este post e a história de Perpetua nos ajude a avaliar o lugar onde se encontram nossos corações…

NOVO VÍDEO: Upgrade de Imagem – Organização pessoal e gestão do tempo!

Sim, você leu certo! É vídeo de Upgrade de Imagem!! / / /

E com um tema que tem tudo a ver com início de ano, com retorno ao trabalho e às aulas: Organização pessoal e gestão do tempo!

A essa altura, vocês já devem saber que eu prefiro os princípios às regras, e que por isso sempre tento transmitir em meus vídeos/textos os fundamentos por trás daquele tema, ao invés de ficar ditando regrinhas que às vezes são bem inaplicáveis e fora da realidade.

E com o vídeo de hoje não foi diferente! Quero dividir com vocês algumas idéias que nos ajudem a pensar a maneira como nos organizamos e gerimos nosso tempo… cada um pode olhar pra si e trazer para sua própria realidade o conteúdo do vídeo. 😉

Espero que sejam úteis as dicas e me contem nos comentários como vocês se organizam no dia-a-dia!

Bjkas!! =**

NOVO VÍDEO: Cinco maneiras básicas de se usarem camisas!

Ei, gente! Como passaram de findi?? Espero que bem!

O vídeo de hoje é uma dica rápida e objetiva pra quem coleciona camisas de botão no armário e quase nunca consegue usá-las de maneira estilosa e moderna. 😉

Acho que já comentei em algum post bem antigo de Look da Semana, que meu gosto pra roupas/calçados/acessórios mudou drasticamente nos últimos cinco anos… Não que eu me sinta velha, mas já consigo bater o olho em algumas coisas e reconhecer que já não servem mais pra mim e pra fase que estou vivendo.

E como as camisas de botão foram minhas apostas mais ousadas neste processo de mudança (sim, eu passava longe de camisas!!), quis compartilhar com vocês estas cinco maneiras básicas de usá-las, voltadas principalmente pra quem ainda se sente insegura com este tipo de peça.

Espero que seja útil, e que possam aproveitar as dicas! 😉

Beijo grande e até o próximo vídeo!! =**

Mulher mais feia do mundo! #prontofalei

Certa vez, num dia comum de trabalho, escutei sem querer duas pessoas na sala ao lado conversando sobre mim, e se de fato eu merecia o título de “mulher bonita” ao lado das outras tantas “mulheres bonitas” que trabalhavam naquela mesma empresa. A discussão parecia bastante polarizada… Uma das partes defendia meu “título” resolutamente, enquanto a outra se atinha a dizer sem reservas: “acho ela feia!”

Era a primeira vez que ouvia alguém se referir à minha pessoa e imagem usando este adjetivo, e eu simplesmente não conseguia acreditar na dureza dos seus efeitos. Ali mesmo pedi a Deus: “Jesus, me traz à memória quaisquer situações em que eu tenha usado este mesmo adjetivo pra me referir a quem quer que seja … quero pedir perdão por todas elas.”

Lizzie_Velasquez_7

Nossas preferências “estéticas” são legítimas, mas não acredito que elas devam ser usadas indiscriminadamente como forma de se marginalizar todo o resto. E o que falaram, a despeito da tristeza que senti no momento, produziu em mim muito mais temor e consciência, do que propriamente uma urgência de realizar uma auto-análise da minha aparência.

Temor porque, através deste episódio, pude me dar conta de que sou responsável pela dor que produzo nos outros  (ainda que não tenha sido minha intenção); e consciência porque, se houve uma discussão polarizada, então obviamente existem no mínimo dois lados, duas verdades e duas maneiras distintas de se olhar pra uma mesma coisa.

Podemos gostar mais do azul do que do amarelo. Menos do verde e mais do rosa… Mas nossas preferências são apenas preferências, e não uma conjunto de verdades absolutas a respeito do universo ao qual elas pertencem. Assim como o doce não pode ser considerado melhor ou pior do que o salgado, uma coisa ou pessoa também não pode ser classificada como mais bonita ou mais feia do que uma outra coisa ou pessoa. Não se trata de uma escala ou graduação, e sim de diferenças.

Lizzie-Velasquez

O belo não é propriedade de ninguém. Ele é livre, atemporal, transcendental e não se pode limitar às nossas noções/padrões de beleza de uma época, ou ao gosto particular de cada um. O belo não é só aquilo que a gente consegue enxergar segundo nossas crenças e convicções pessoais, porque ele independe dessas coisas.

Acredito que tudo o que é bonito produz sensações, e por isso tende a passar por nossos cinco sentidos (ou seis?). Porque o belo é grande demais pra caber só nos olhos. Tem que sentir, ouvir, degustar … Tem que questionar essa mente viciada que apenas vê de um jeito, não muda o ângulo, não faz curvas, não faz concessões.

Tome como exemplo as palavras de Lizzie Velasquez (vídeo abaixo), **considerada** a mulher mais feia do mundo, e me diga se o belo não é mais do que os olhos conseguem ver. Somente uma pessoa muito bela conseguiria ser doce, centrada e bem humorada diante de uma doença rara, ou diante das milhares de pessoas que escreveram nos comentários do Youtube coisas horrorosas como: “Por que você não coloca uma arma na cabeça e se mata? ou “Queime-a com fogo!”.

A história de vida da Lizzie Velasquez  é inspiradora e só tem a nos acrescentar expandindo nosso olhar e desafiando nossa mente! Espero que fiquem vidradas, como eu fiquei!

Bom vídeo e até breve!! =**

P.S. Para assistir em Português, abra o vídeo no Youtube, vá em “captions”, selecione a legenda automática em Inglês e depois clique em “traduzir legenda” selecionando o idioma Português.

NOVO VÍDEO: Um minuto e meio de erros de gravações!

Ei, gente!!

Estou fazendo uma limpa geral no meu computador e resolvi dividir com vocês algumas imagens antes de deletá-las definitivamente!rsss

É só pra gente dar umas risadas e descontrair um pouco até a publicação dos vídeos da próxima semana 🙂 (pra quem curte, já adianto que um deles será Upgrade de Imagem… já está gravado e editado!) Espero que gostem!!

Beijo grande e até breve!! =**

NOVO VÍDEO: Corpo definido com rotina de 12 minutos!

Olá, minhas queridas! Como tem passado em 2014?? Espero que bem!

O vídeo de hoje é uma rotina de 12 minutos pra quem busca um corpo definido! Na introdução eu explico um pouco melhor, mas vale destacar: intensidade é a chave!! Dê tudo de si durante os 50 segundos de cada rodada, e prepare-se para suar! Se 12 min. pra você for pouco, é só repetir tudo de novo quantas vezes quiser!

Estes exercícios que selecionei  fazem parte dos meus preferidos, porque colocam cada músculo pra trabalhar de forma intensa e sem moleza! Parecem bobos, mas fazem maravilhas por dentro e por fora!!

Vamos começar 2014 com tudo! Espero que gostem e bom treino! 🙂 Bjkas! =**

NOVO VÍDEO: Conversa aleatória! Livros, produtos de cabelo, pele, etc…

Ei, meninas! Cheguei de viagem e espero que estejam bem!! 🙂

Confesso que senti muitas saudades de vocês e por isso resolvi fazer um vídeo bem *de mulherzinha*, estilo bate-papo aleatório e sem propósito certo mesmo! rssss

Aproveitei a oportunidade também pra mostrar (a pedidos) algumas coisinhas que uso em meu dia-a-dia, na pele, no cabelo, e na vida em geral. 😀

Não se trata de resenha, e por isso não entrei em muitos detalhes e nem aproximei a câmera pra mostrar os produtos… Contudo, se algumas dessas coisinhas despertarem o interesse de vocês, posso fazer uma resenha mais técnica e detalhada aqui no blog! Me contem nos comentários!

Espero que o vídeo mate nossas saudades!! Um grande beijo e até breve!! =**