Acne Update – Sabonete Puriance (PROFUSE), Ácido Azelaico (AZELAN) e Yaz (BAYER): Resenhas e resultados!

Desde minha última postagem sobre pele oleosa com tendência à acne (que inclusive já faz algum tempo), venho me consultando com minha dermatologista e experimentando alguns produtos novos que até então eram completamente inéditos pra mim, mesmo em todos estes anos de luta contra a acne.

Basicamente – como já havia compartilhado com vocês no vídeo-resenha do ADAPALENO e VITACID ACNE – desde o último Natal, minha pele vinha se comportando de uma maneira particularmente estranha, desenvolvendo muita oleosidade, vermelhidão e espinhas em regiões do meu rosto que há muito tempo se mantinham limpas e livres de acne.

Daí, quando visitei o consultório da minha ginecologista poucas semanas depois do aparecimento deste quadro, descobri que entre os diversos fatores possíveis,  meu anticoncepcional poderia ser considerado o de maior influência no tal quadro, devido ao uso contínuo e prolongado da mesma substância (quase 4 anos).

O que ela me explicou (até com um pouco de pressa e má vontade #falomesmo), é que meu organismo estaria tentando *expulsar* aquele agente *intruso* que o impedia de fazer o que em minha idade eu já deveria estar fazendo: procriar e ter bebês. É como se o anticoncepcional somente conseguisse *enganar* o organismo durante algum tempo, até que ele eventualmente notasse aquela presença estranha e se colocasse a expulsá-la de alguma forma.

Logo, uma maneira eficaz de restabelecer a ordem, seria trocar a substância e tentar enganar o organismo por, sei lá, mais 4 anos?

Conclusão: Ela me receitou o Yaz no lugar do Allestra 20. Conclusão: Ela me receitou R$ 50,00 no lugar de R$ 14,00.

O Yaz tem sido excelente pra mim, e com certeza vem ajudando no controle da minha acne. Ele é um anticoncepcional de baixa dose, que além de prevenir a gravidez, oferece muitos outros benefícios adicionais devido à presença da drospirenona em sua fórmula: auxilia na redução das espinhas, oleosidade da pele e cabelos, diminui o inchaço, cólicas e também o tempo de sangramento (que no meu caso dura só uns dois dias! YAY!!)

A única desvantagem dele, pra mim, é o preço… :/

Bom, daí eu estava feliz por ter finalmente descoberto a razão daquele surto, e voltei à minha dermatologista pra colocá-la a par das novidades e pedir uma nova avaliação da minha pele que já vinha sendo tratada com o Adapaleno (DerivaMicro), conforme tinha dito a vocês.

Ela disse que estava tudo ótimo e lindo, e acabou me dando uma amostra do Adacne, pra que eu *teoricamente* pudesse seguir tratando com o Adapaleno, que é uma substância também presente na fórmula do Adacne… (deu pra entender? rss)

Entretanto, conforme mostra a foto abaixo, minha pele piorou bastante depois que troquei de medicamento. E eu pessoalmente atribuo esta piora à presença da Clindamicina (1%) na fórmula do Adacne, que – coincidência ou não – também faz parte da fórmula do Vitacid Acne que foi péssimo pra minha pele há algum tempo, vocês se lembram?

Ou seja: já aprendi! Minha pele não gosta de Clindamicina! Tem Clindamicina?! fora!

Clique na imagem para ampliá-la =)

Imediatamente depois deste quadro de piora provocado pela troca de medicamento, fui chorar no consultório da minha dermatologista que sempre me acolhe com muito amor! Foi quando ela me receitou o Ácido Azelaico que, como vocês puderam observar na foto acima, fez um efeito quase que instantâneo na minha pele!

ÁCIDO AZELAICO (AZELAN)

O AZELAN é diferente de todos os medicamentos pra acne que já usei em todos estes anos:

– Não causa piora inicial.

– Pode ser usado até duas vezes por dia.

– Não faz a pele descamar.

Não oferece riscos à gravidez ou durante amamentação. (Obs.: mulheres grávidas/lactantes devem consultar um médico antes de utilizar o AZELAN).

As desvantagens dele são o cheiro que não é muito agradável, a leve irritação e coceira dos primeiros dias e, principalmente, o preço. Enquanto você desembolsa de R$ 15,00 a R$ 30,00 para comprar os medicamentos mais populares para tratar a acne; o AZELAN (creme, 20%) é vendido por quase R$ 50,00.

Em minha pele, os resultados com AZELAN apareceram muito rapidamente (em uma semana), além de ter havido uma redução considerável das manchas, vermelhidão e cravinhos. O aspecto do rosto melhora, e a pele parece estar muito mais jovem e saudável.

Minha única preocupação no momento tem sido a visível diferença de tons entre a pele do meu rosto, e do restante do meu corpo. Meu rosto parece muito mais claro, como vocês já devem ter observado em meus vídeos, e isto me incomoda um pouco… A previsão da minha dermatologista, é que com o tempo o tom do meu rosto volte ao normal. Assim espero =)

SABONETE PURIANCE (PROFUSE)

Na mesma ocasião em que minha dermatologista me receitou o AZELAN, recebi no consultório dela algumas amostras deste sabonete purificante da linha PROFUSE que também me surpreendeu muito positivamente com sua tecnologia.

Minha pele nunca esteve com a oleosidade tão controlada como observo no momento! Os poros estão menores e vejo que meu rosto permanece sequinho e levemente ruborizado durante várias horas do dia…

O Puriance contém Ácido Salicílico Microencapsulado que auxilia na redução da oleosidade, desobstrução dos poros e prevenção da acne e comedões. Observo que ele de fato tem ação sobre a redução dos poros, e, diferente da maioria dos sabonetes para pele oleosa e acneica, sua fórmula não resseca a pele, deixando-a irritada ou com aquele aspecto *esticado*, sabe?

Estes sabonetes baratinhos SOAP(isto) SOAP(aquilo) vendidos em farmácias e supermercados, são o perfeito exemplo do barato que sai caro. Ressecam e irritam a pele de uma forma tão absurda e exagerada, que em uma ou duas horas, sua pele produz o triplo de óleo para responder à ação *ressecadora* do sabonete. #efeitorebote

Bom… Já estou na minha segunda barra do Puriance e, infelizmente, já observei que o preço subiu… Minha primeira barra, comprei por R$ 21,00, ao passo que a segunda barra já me custou R$ 25,00.

Tudo bem que ele rende e dura muito…  mas agora que me fidelizei com o produto, não quero chegar em 2014 pagando R$ 30,00 num sabonete. Se isto acontecer, vou boicotar a marca como fiz com o Bepantol 😛

Bom, posso dizer que me encontro numa fase muito tranquila e feliz com a minha pele: produtos que funcionam, acertam e não me deixam na mão.

Espero que este material seja útil, e que, pelo amor de Deus, você não vá se auto-medicar fazendo #aloka passando um monte de coisa no rosto por conta própria e risco. Consulte seu dermatologista, e garanta um tratamento saudável e seguro.

Um beijo grande e me conte nos comentários o que você tem feito e usado para controlar a oleosidade/acne do seu rosto! =***

Anúncios

Tudo o que você precisa saber sobre manchas na pele, exposição e proteção solar!

Eu sempre falo brincando que quando você acha que tudo está ruim em sua vida, existe uma coisa que sempre ajuda a deixar tudo bem pior: os hormônios.

Observe como que a maioria dos tormentos femininos são, em grande medida, causados, desenvolvidos ou agravados pela ação dos hormônios: celulite, acne, manchas, queda de cabelo, sobrepeso, mau-humor, depressão… e a lista segue por este caminho!

É óbvio que todas nós temos nossa parcela de participação sobre estes tormentos que citei, e acabamos sempre introduzindo um fator desencadeante destes quadros, seja uma má alimentação, o uso de um produto inadequado e, no caso das manchas da pele, a exposição desprotegida e irresponsável ao sol.

Nós, brasileiros, meio que internalizamos o elemento “sol” como um traço celebrável da nossa pátria, cultura e cenário natural, que muito nos orgulha e cai super bem nos cartões-postais, nas fotografias de férias e, principalmente, nos bronzeados e marquinhas de biquíni.

Acaba sendo difícil compreender e aceitar que este mesmo sol que exalta a beleza e autenticidade do Brasil, é o mesmo sol que causa manchas, queimaduras e até mesmo o câncer de pele, responsável por 25% de todos os tumores malignos registrados no país.

E infelizmente, a gente só se atenta para o caráter nocivo do sol, quando algum prejuízo estético nos alcança e nos leva aos consultórios dermatológicos com as principais queixas da mulher adulta: manchas e envelhecimento precoce no rosto e nas mãos.

Elas podem aparecer principalmente na idade fértil e durante a gravidez, em regiões que acumulam melanina como as bochechas, testa e acima dos lábios; e são desencadeadas por inclinação genética (peles mais sensíveis à luz), fatores hormonais e exposição aos raios solares que estimulam ainda mais a produção desta melanina, deixando na pele aquelas manchas escuras e acastanhadas.

Logo, independente do seu quadro ou mesmo que você não tenha qualquer manchinha no seu rosto, esteja atenta aos principais mandamentos do uso da proteção solar e quebre qualquer paradigma que te leve a pensar que se proteger do sol é frescura e um gasto desnecessário de dinheiro. (Quem não gasta com a saúde de maneira proativa, vai acabar gastando mais tarde de maneira reativa, quando contrair algum incômodo ou doença):

– O seu protetor solar deve te proteger contra os raios UVB (que causam danos imediatos, e é inclusive o responsável pelas queimaduras e câncer de pele), e também contra os raios UVA (que causam danos cumulativos, como o eventual aparecimento de manchas, flacidez e rugas na pele).

– Você deve usar protetor solar todos os dias do ano, mesmo em dias nublados e chuvosos. A radiação UVA não tira férias, e está presente em todas as estações.

–  Para máxima proteção, o protetor solar  (FPS mínimo de 30) deve ser reaplicado a cada 3 horas. Se estiver num clube ou praia, por exemplo, onde você pode transpirar ou retirar o produto quando entrar no mar ou piscina, o protetor deve ser reaplicado ainda mais frequentemente, e sempre que retirado com suor, água ou toalha.

– Aplique o protetor sobre todas as áreas descobertas do corpo: face, orelhas, pescoço, colo, braços, mãos, etc; 30 minutos antes de sair de casa ou de se expor ao sol.

– Não existe necessidade de usar óleo bronzeador para se conseguir aquela cor bonita e duradoura. Os óleos bronzeadores não possuem fator de proteção e por isso permitem que o sol queime a cútis,  o que acaba ocasionando a inevitável descamação da pele (efeito cobra, ninguém merece!!).

Se você aplica o protetor solar em todo o corpo, o sol te bronzeará gradualmente ao invés de “queimar” sua pele e deixá-la toda descascando no final das férias.

– Toda proteção, ao rosto principalmente, nunca é demais. Se você puder se sentar à sombra, não tem por que escolher um lugar debaixo do sol quente. Use bonés, chapéus, óculos-de-sol e lembre-se que além dos malefícios à saúde, não há necessidade de se expor diretamente ao sol durante horas para ficar bonita e bronzeada.

TENHO MANCHAS NA PELE, COMO POSSO TRATÁ-LAS?

Primeiramente, é importante reforçar que diferente do que circula pela internet, pomadas hidratantes (ex: Bepantol, Hipoglós, etc) bem como receitas caseiras à base de açúcar e limão, não clareiam manchas da pele.

Estas receitas que insistem em fazer parte da pauta de muitos blogs e sites de beleza, são apenas soluções que hidratam a região afetada, conferindo um melhor aspecto daquela mancha, e a consequente ilusão de que ela clareou.

Quanto ao limão, a menos que você deseje correr o risco de ter uma fitofotomelanose – manchas na pele causada por uma reação alérgica de contato com frutas cítricas e posterior exposição ao sol -, use-o apenas para fazer limonadas, tortas e mousses deliciosos!

Lembre-se que o tratamento inadequado e irresponsável (i.e. sem orientação médica) das manchas da pele, podem ocasionar uma piora significativa das lesões existentes, além de comprometer as regiões saudáveis e livres de hiperpigmentação.

Sendo assim, siga as orientações abaixo caso você deseje tratar suas manchas da pele:

– Assim que você notar o aparecimento de manchas escuras e amarronzadas em qualquer parte do corpo, procure um médico para avaliar a profundidade e o tipo de mancha (manchas de acne, gravidez, envelhecimento, etc), e o tratamento mais eficaz para o seu desaparecimento.

Quanto mais precoce o tratamento, maiores são as chances de ela desaparecer mais rapidamente.

– Como muitos tratamentos para manchas envolvem ácidos e despigmentantes fotossensíveis, que podem ‘manchar’ a pele em contato com o sol/luz, além de causar descamação e irritação da cútis; alguns dermatologistas recomendam o uso destes agentes em épocas mais frias do ano, quando as temperaturas estão mais amenas e nos mantêm longe dos destinos perigosos de alta exposição solar como praias e clubes.

– Dependendo do caso e da predisposição genética, as manchas podem voltar mesmo depois de tratadas. Desta forma, não se dê por completa vitoriosa ao ver a pele clarinha, e lembre-se da máxima proteção ao sol sempre e em todo momento.

– Através de um tratamento prescrito e supervisionado pelo seu médico, as primeiras melhoras já começam a aparecer em aproximadamente dois meses, podendo ser bastante satisfatórias e até definitivas em seis meses.

Desta maneira, não desperdice seu tempo, dinheiro e energia em tratamentos caseiros, sem eficácia comprovada e altamente nocivos para a sua pele.

Procure um especialista e faça o investimento certo com garantias certas 😉

Embora o sol seja nosso amigo e desempenhe papéis importantes no organismo (estimulação da síntese de vitamina D, equilíbrio das taxas de cálcio e fósforo, fortalecimento dos ossos, etc), é importante compreender a sua ação potencialmente nociva à saúde como um todo, em especial à pele. 

Aproveite esta oportunidade para visitar seu dermatologista e tratar qualquer incômodo e desconforto, com o máximo de cuidado e profissionalismo que sua pele merece =)

Bate-papo sobre acne, alimentação e resenhas do Vitacid Acne e Adapaleno DerivaMicro (fotos antes-e-depois)

Ei, meninas!

Cá estamos nós outra vez, para retomarmos o bate-papo sobre acne que teve início na semana passada, com o vlog DICAS E PRINCÍPIOS SUPREMOS A SEREM OBSERVADOS DURANTE O TRATAMENTO DA ACNE.

Sei que vocês estão na expectativa para os próximos vídeos do Upgrade de Imagem e Projeto Verão 2013 😀 mas antes de atualizar estas tags, quis dar um intervalo para conversarmos sobre este tema que aflige grande parte da minha audiência (homens e mulheres). Na semana que vem, voltamos a todo vapor com nosso Upgrade de Imagem e Projeto Verão 2013!!! Yay!!!

Neste vídeo eu falo um pouco sobre a influência da alimentação na piora do quadro da acne, e faço também uma breve resenha do Vitacid e do Adapaleno (DerivaMicro) que experimentei nos últimos seis meses (o que são, ação dos medicamentos, resultados, fotos antes-e-depois, etc).

Espero que sejam úteis as informações, e que vocês possam compreender um pouco melhor esta condição para saber como lidar com ela sem desespero. =)

Beijo grande e até a próxima!

P.S.IMPORTANTE: Muitos dados citados neste vídeo foram colhidos de estudos científicos ainda não conclusivos. Por isso, não tome decisões precipitadas baseadas em especulações e pesquisas que ainda se encontram em andamento. Não use nenhum medicamento sem a orientação do seu médico.

Dicas e princípios supremos a serem observados durante o tratamento da acne

Olá, pessoal!

Hoje passei o dia filmando vídeos relacionados à acne! Além de eu mesma ter sofrido com ela nos últimos meses, tenho recebido muitas mensagens e comentários de leitoras (e leitores também!!rss) que pedem alguma ajuda ou informação a respeito de tratamentos, reações e etc.

Filmei a resenha do Vitacid Acne e do Adapaleno (Deriva Micro) explicando o que são estes medicamentos, como agem, e quais resultados pude observar durante o meu tratamento com cada um individualmente; e  fiz também um vlog para falarmos sobre a influência da dieta e alimentação na piora do quadro da acne =)

Então, para começarmos o aquecimento deste longo e profundo  bate-papo (rá! Vocês já me conhecem, né!rss) quero deixar para vocês, minhas companheiras e companheiros, uma espécie de “Estatuto do Paciente com Acne”, com dicas e princípios que se aplicam a todos nós que passamos alguma fase da vida lutando contra elas, que nos irritam tão profundamente: as espinhas.

Espero que seja útil e inspirador de alguma forma, e que possamos juntos vencermos  esta luta!! Um beijo carinhoso em todas (e todos) vocês! =***

Amiga, fica a dica: Cicatenol também é vitamina B5 e dexpantenol para o seu corpo!

Que o Bepantol entrou em minha vida no ano de 2007, quando tratei minha acne com o Roacutan durante seis meses, isso todo mundo já sabe. Todo mundo já sabe também que ele não sai da minha bolsa, e que esquecê-lo pra trás em qualquer lugar me gera altos níveis de ansiedade, crises de abstinência entre outros sintomas característicos de uma pessoa viciada em dexpantenol nos lábios.

O que poucos sabem é que minha primeira bisnaguinha da pomada de 30g não me custou mais do que R$ 8,00 há cinco anos, e hoje, para comprar o mesmo produto (seja o Bepantol Baby ou o Bepantol Derma), o indivíduo precisa desembolsar uma importância que gira entre R$ 18 e R$ 21,00. Um aumento bruto de cerca de 130%, é isso mesmo meu diretor?

E – considerando que uma das principais vantagens que este produto sempre me ofereceu ao longo dos anos passados, era justamente a relação custo-benefício – infelizmente, passei a reconsiderar o Bepantol em minha vida, como uma forma de protesto e manifestação do meu descontentamento.

É claro que por esta nem o laboratório Bayer esperava: quando uma massa feminina descobre que a pomadinha de passar no bumbum do neném, pode também ser utilizada para fins cosméticos como hidratação dos lábios, pele e cabelos; é lógico que novas estratégias de reposicionamento devem ser adotadas pela marca.

Como nos balcões das farmácias ainda existia um grupo de consumidoras ressabiadas, que, com muita razão, tinham até um certo medo de sair passando um creme indicado para assaduras nos lábios e no cabelo, a Bayer resolveu então desmistificar o produto e lançá-lo em duas linhas distintas que diferenciassem com clareza as funções do milagroso Bepantol.

Permaneceram então a linha Baby, indicada para o tratamento de assaduras, e a linha Derma que poderia ser utilizada tranquilamente pelo público feminino que, como eu, usa a pomada em todas as partes do corpo, menos no bumbum, conforme indicação da bula.rs

Entretanto, o que acaba caindo no esquecimento geral, é que estas duas linhas possuem exatamente a mesma fórmula e princípio ativo: Dexpantenol 5%. A diferença é que a linha Derma foi lançada nas versões líquida e creme, além de comunicar claramente em sua embalagem as inúmeras indicações cosméticas, que antes eram segredinhos de beleza e especulações em torno do Bepantol comum de antigamente.

Ou seja: a tentativa da Bayer não foi criar um outro produto com composição diferente, e sim criar um novo posicionamento para um mesmo produto, que tinha mercados diferentes, com aspirações diferentes.

Por isso, sendo eu uma profissional de COM & MKT, tenho mais é que aplaudir esta iniciativa da Bayer que deu super certo e cumpriu seu objetivo inicial de explorar um posicionamento que já existia nos blogs de beleza e nas conversas de salão, aproveitando comercialmente a oportunidade que se apresentou. (Não posso ser hipócrita e criticar esta ação).

Mas….você deve estar se perguntando onde o Cicatenol entra nesta história? Ele entra com o mesmo 50mg/g de Dexpantenol (vitamina b5), pela metade do preço que você pagaria pelo Bepantol.

Comecei a usá-lo algumas semanas atrás, e embora eu não possa omitir o fato de que ele não é tão cremoso e consistente quanto o Bepantol, confesso que para uma consumidora que restringe o uso do produto aos lábios ressecados, o Cicatenol ocupou, com dignidade, o espaço do Bepantol que existia no meu coração.

Infelizmente, para aquelas consumidoras que gostam de hidratar seus cabelos com a vitamina B5, o Cicatenol ainda não tem disponibilizada a versão líquida… mas quem sabe muito em breve,o laboratório EMS também entra nesta história e lança uma linha completa para concorrer diretamente com o Bepantol, fazendo com que nós, consumidores, tenhamos acesso a preços competitivos. Concorrência gera preços melhores para todos nós!!

Gente, não é paõduragemÉ uma escolha calculada: se eu posso pagar R$ 11,00, porque vou pagar R$ 22,00?

Bom, e se você está buscando uma alternativa para substituir o Bepantol não só por conta do preço, mas talvez porque o produto está difícil de ser encontrado mesmo, fica então a dica do Cicatenol. Se experimentar, me conte o que achou!!

Um beijo a todas vocês e até breve!! =***

UPGRADE DE IMAGEM Segundo vídeo: Os 4 elementos!

Olá, minhas queridas 😀

Hoje trago o segundo vídeo da série especial “Upgrade de Imagem”, para falarmos sobre os primeiros passos deste processo.

Penso que para promovermos uma mudança significativa em nosso visual, é necessário que celebremos a nossa feminilidade, cuidando de alguns elementos naturais que sozinhos já comunicam uma mulher que se gosta, e que em qualquer ocasião está sempre esbanjando charme e elegância 😉

“Os 4 elementos” nada mais são do que os pilares de toda produção e imagem feminina, que quando bem observados, conferem estilo e beleza a qualquer mulher que esteja vestindo desde um par de jeans com tênis, até um longo chique de festa.

Este exercício é muito gratificante, principalmente porque nos incentiva a cuidarmos da imagem em qualquer tempo ou hora. Dessa maneira, estamos sempre seguras e confiantes para qualquer evento que se apresente (programado ou de surpresa) em nosso dia-a-dia 😉

Uma vez que absorvemos este primeiro aprendizado, nunca mais desejaremos voltar atrás ou relaxar de novo!

Espero que o conteúdo do vídeo seja útil e que vocês se inspirem de alguma forma!

Grande beijo no coração de todas vocês!! Até breve! =**

Cinco hábitos noturnos fundamentais para quem tem pele oleosa com tendência à acne.

Olá meninas!

Desde que publiquei aquele vídeo mostrando minha rotina de cuidados com a pele, andei recebendo muitas solicitações para esticar as dicas um pouco mais e dividir outras rotinas básicas sobre o assunto.

E como já é do conhecimento de vocês que há algum tempo eu iniciei um processo de “auto-aceitação”, resolvi trazer hoje uma abordagem diferente a respeito do que  normalmente fazemos para cuidar da nossa pele. Dentre outros aspectos, meu processo de auto-aceitação envolve principalmente conviver com o fato de que minha pele será oleosa e acne prone até os últimos dias da minha vida, e por isso, mais do que produtos e procedimentos estéticos, é necessário que eu desenvolva HÁBITOS.

Os hábitos são aqueles pequenos princípios fundamentais que a gente acha desnecessário observar e fazer (porque são pequenos), mas que quando deixamos de fazer, eles se juntam numa bola de neve e acabam agravando ainda mais um quadro que naturalmente já não é bom.

Através destes hábitos, desenvolvo auto-conhecimento e passo a compreender melhor e interferir sobre o que tem influência direta no aspecto da minha pele. Eu assumo o controle.

Sei que muitas rotinas de cuidados envolvem primariamente o uso de produtos e receitas… mas este vídeo mostra os hábitos que observo zelosamente todas as noites antes de dormir, e que correspondem à 70% de tudo o que faço para cuidar da saúde e aparência oleosa/acne prone que minha pele tem.

Espero que seja útil, e que vocês se sintam inspiradas a mudar pequenas coisinhas que juntas impactam, e muito, no resultado final da sua imagem!

Um grande beijo e até a próxima!! =***