Dicas e princípios supremos a serem observados durante o tratamento da acne

Olá, pessoal!

Hoje passei o dia filmando vídeos relacionados à acne! Além de eu mesma ter sofrido com ela nos últimos meses, tenho recebido muitas mensagens e comentários de leitoras (e leitores também!!rss) que pedem alguma ajuda ou informação a respeito de tratamentos, reações e etc.

Filmei a resenha do Vitacid Acne e do Adapaleno (Deriva Micro) explicando o que são estes medicamentos, como agem, e quais resultados pude observar durante o meu tratamento com cada um individualmente; e  fiz também um vlog para falarmos sobre a influência da dieta e alimentação na piora do quadro da acne =)

Então, para começarmos o aquecimento deste longo e profundo  bate-papo (rá! Vocês já me conhecem, né!rss) quero deixar para vocês, minhas companheiras e companheiros, uma espécie de “Estatuto do Paciente com Acne”, com dicas e princípios que se aplicam a todos nós que passamos alguma fase da vida lutando contra elas, que nos irritam tão profundamente: as espinhas.

Espero que seja útil e inspirador de alguma forma, e que possamos juntos vencermos  esta luta!! Um beijo carinhoso em todas (e todos) vocês! =***

Amiga, fica a dica: Cicatenol também é vitamina B5 e dexpantenol para o seu corpo!

Que o Bepantol entrou em minha vida no ano de 2007, quando tratei minha acne com o Roacutan durante seis meses, isso todo mundo já sabe. Todo mundo já sabe também que ele não sai da minha bolsa, e que esquecê-lo pra trás em qualquer lugar me gera altos níveis de ansiedade, crises de abstinência entre outros sintomas característicos de uma pessoa viciada em dexpantenol nos lábios.

O que poucos sabem é que minha primeira bisnaguinha da pomada de 30g não me custou mais do que R$ 8,00 há cinco anos, e hoje, para comprar o mesmo produto (seja o Bepantol Baby ou o Bepantol Derma), o indivíduo precisa desembolsar uma importância que gira entre R$ 18 e R$ 21,00. Um aumento bruto de cerca de 130%, é isso mesmo meu diretor?

E – considerando que uma das principais vantagens que este produto sempre me ofereceu ao longo dos anos passados, era justamente a relação custo-benefício – infelizmente, passei a reconsiderar o Bepantol em minha vida, como uma forma de protesto e manifestação do meu descontentamento.

É claro que por esta nem o laboratório Bayer esperava: quando uma massa feminina descobre que a pomadinha de passar no bumbum do neném, pode também ser utilizada para fins cosméticos como hidratação dos lábios, pele e cabelos; é lógico que novas estratégias de reposicionamento devem ser adotadas pela marca.

Como nos balcões das farmácias ainda existia um grupo de consumidoras ressabiadas, que, com muita razão, tinham até um certo medo de sair passando um creme indicado para assaduras nos lábios e no cabelo, a Bayer resolveu então desmistificar o produto e lançá-lo em duas linhas distintas que diferenciassem com clareza as funções do milagroso Bepantol.

Permaneceram então a linha Baby, indicada para o tratamento de assaduras, e a linha Derma que poderia ser utilizada tranquilamente pelo público feminino que, como eu, usa a pomada em todas as partes do corpo, menos no bumbum, conforme indicação da bula.rs

Entretanto, o que acaba caindo no esquecimento geral, é que estas duas linhas possuem exatamente a mesma fórmula e princípio ativo: Dexpantenol 5%. A diferença é que a linha Derma foi lançada nas versões líquida e creme, além de comunicar claramente em sua embalagem as inúmeras indicações cosméticas, que antes eram segredinhos de beleza e especulações em torno do Bepantol comum de antigamente.

Ou seja: a tentativa da Bayer não foi criar um outro produto com composição diferente, e sim criar um novo posicionamento para um mesmo produto, que tinha mercados diferentes, com aspirações diferentes.

Por isso, sendo eu uma profissional de COM & MKT, tenho mais é que aplaudir esta iniciativa da Bayer que deu super certo e cumpriu seu objetivo inicial de explorar um posicionamento que já existia nos blogs de beleza e nas conversas de salão, aproveitando comercialmente a oportunidade que se apresentou. (Não posso ser hipócrita e criticar esta ação).

Mas….você deve estar se perguntando onde o Cicatenol entra nesta história? Ele entra com o mesmo 50mg/g de Dexpantenol (vitamina b5), pela metade do preço que você pagaria pelo Bepantol.

Comecei a usá-lo algumas semanas atrás, e embora eu não possa omitir o fato de que ele não é tão cremoso e consistente quanto o Bepantol, confesso que para uma consumidora que restringe o uso do produto aos lábios ressecados, o Cicatenol ocupou, com dignidade, o espaço do Bepantol que existia no meu coração.

Infelizmente, para aquelas consumidoras que gostam de hidratar seus cabelos com a vitamina B5, o Cicatenol ainda não tem disponibilizada a versão líquida… mas quem sabe muito em breve,o laboratório EMS também entra nesta história e lança uma linha completa para concorrer diretamente com o Bepantol, fazendo com que nós, consumidores, tenhamos acesso a preços competitivos. Concorrência gera preços melhores para todos nós!!

Gente, não é paõduragemÉ uma escolha calculada: se eu posso pagar R$ 11,00, porque vou pagar R$ 22,00?

Bom, e se você está buscando uma alternativa para substituir o Bepantol não só por conta do preço, mas talvez porque o produto está difícil de ser encontrado mesmo, fica então a dica do Cicatenol. Se experimentar, me conte o que achou!!

Um beijo a todas vocês e até breve!! =***

UPGRADE DE IMAGEM Segundo vídeo: Os 4 elementos!

Olá, minhas queridas 😀

Hoje trago o segundo vídeo da série especial “Upgrade de Imagem”, para falarmos sobre os primeiros passos deste processo.

Penso que para promovermos uma mudança significativa em nosso visual, é necessário que celebremos a nossa feminilidade, cuidando de alguns elementos naturais que sozinhos já comunicam uma mulher que se gosta, e que em qualquer ocasião está sempre esbanjando charme e elegância 😉

“Os 4 elementos” nada mais são do que os pilares de toda produção e imagem feminina, que quando bem observados, conferem estilo e beleza a qualquer mulher que esteja vestindo desde um par de jeans com tênis, até um longo chique de festa.

Este exercício é muito gratificante, principalmente porque nos incentiva a cuidarmos da imagem em qualquer tempo ou hora. Dessa maneira, estamos sempre seguras e confiantes para qualquer evento que se apresente (programado ou de surpresa) em nosso dia-a-dia 😉

Uma vez que absorvemos este primeiro aprendizado, nunca mais desejaremos voltar atrás ou relaxar de novo!

Espero que o conteúdo do vídeo seja útil e que vocês se inspirem de alguma forma!

Grande beijo no coração de todas vocês!! Até breve! =**

Cinco hábitos noturnos fundamentais para quem tem pele oleosa com tendência à acne.

Olá meninas!

Desde que publiquei aquele vídeo mostrando minha rotina de cuidados com a pele, andei recebendo muitas solicitações para esticar as dicas um pouco mais e dividir outras rotinas básicas sobre o assunto.

E como já é do conhecimento de vocês que há algum tempo eu iniciei um processo de “auto-aceitação”, resolvi trazer hoje uma abordagem diferente a respeito do que  normalmente fazemos para cuidar da nossa pele. Dentre outros aspectos, meu processo de auto-aceitação envolve principalmente conviver com o fato de que minha pele será oleosa e acne prone até os últimos dias da minha vida, e por isso, mais do que produtos e procedimentos estéticos, é necessário que eu desenvolva HÁBITOS.

Os hábitos são aqueles pequenos princípios fundamentais que a gente acha desnecessário observar e fazer (porque são pequenos), mas que quando deixamos de fazer, eles se juntam numa bola de neve e acabam agravando ainda mais um quadro que naturalmente já não é bom.

Através destes hábitos, desenvolvo auto-conhecimento e passo a compreender melhor e interferir sobre o que tem influência direta no aspecto da minha pele. Eu assumo o controle.

Sei que muitas rotinas de cuidados envolvem primariamente o uso de produtos e receitas… mas este vídeo mostra os hábitos que observo zelosamente todas as noites antes de dormir, e que correspondem à 70% de tudo o que faço para cuidar da saúde e aparência oleosa/acne prone que minha pele tem.

Espero que seja útil, e que vocês se sintam inspiradas a mudar pequenas coisinhas que juntas impactam, e muito, no resultado final da sua imagem!

Um grande beijo e até a próxima!! =***

 

Tensão pré-menstrual (TPM): Meu plano de ação para lidar com ela.

Ao lado do primeiro beijo, acredito que a primeira menstruação seja um dos maiores acontecimentos na vida de uma menina. Tudo o que mais poderíamos desejar nos anos dourados da pré-adolescência, era viver a emoção de chegarmos na escola e contar pra todas as nossas colegas que já éramos mocinhas 😀

No meu caso, esta emoção durou muito pouco, talvez uns dois dias, até que a primeira cólica me acometesse bem no meio da noite. Passaram-se os anos, e os sintomas da TPM eram cada vez mais variados e evidentes. Em alguns meses, as alterações físicas e de humor eram tão agudas, que eu mesma me estranhava e desconhecia completamente aquela “pessoa”.

Outros anos se passaram, e tudo veio a  melhorar bastante depois que me casei e passei a fazer uso regular da pílula anticoncepcional. Os anticoncepcionais mais modernos possuem a substância conhecida como drospirenona que auxilia no alívio dos sintomas característicos da tensão pré-menstrual como a retenção de líquido, irritabilidade e cólicas.

Atualmente, mesmo observando uma queda brusca nos níveis de desconforto causados pela TPM, ainda sinto com muito vigor três daqueles principais sintomas que todo mundo já conhece e “reconhece” numa mulher em seus dias: irritabilidade, distúrbios de apetite e pele oleosa/acne. (Não fosse por estes três sintomas, eu passaria ilesa por este período sem sequer notar qualquer diferença.) 

E foi observando todo o incômodo que estes sintomas vem me causando nos últimos meses, que resolvi criar um plano de ação para aprender a lidar com cada um deles sem grandes traumas e marcas. Divido com vocês meu PAPLCATPM (Plano de Ação Para Lidar com a TPM). (pode rir…rsss)

AVISO AOS NAVEGANTES

Até muito pouco tempo, eu não entendia o que acontecia comigo durante praticamente duas semanas do mês. A alienação era tão grande, que eu simplesmente não conseguia associar aqueles sintomas com a TPM… acreditava que de fato eu precisava procurar um médico, porque coisas estranhas estavam acontecendo comigo.

Então a primeira dica aqui é uma  bobagem, mas que faz toda a diferença: marque no calendário o dia em que os sintomas aparecem e desaparecem no mês. No primeiro mês você vai observar, para fazer um cálculo aproximado dos meses seguintes.

Por exemplo, este mês, meus sintomas apareceram dia 15, e começaram a ir embora ontem, dia 27. Meu sintomas sempre vão embora antes de a menstruação propriamente chegar.

Ao fazer este cálculo, você ganha vantagem e pode se preparar (e avisar às pessoas que convivem com você.rsss) ao invés de ser pega de surpresa 😀

UMA COISA PUXA A OUTRA

O primeiro sintoma que prenuncia a minha TPM são as benditas espinhas. Minha pele fica muito oleosa e aparecem aquelas pústulas pequenas na testa (uma colôniaaaaa), e próximo ao nariz. Se eu não tenho a plena consciência de que se trata de uma fase do mês, e que depois minha pele voltará ao normal naturalmente, eu começo a surtar achando que o quadro de acne grave que tive no passado está ressurgindo.

E ao pensar isso, eu fico MUITO irritada e frustrada. E esta irritação e frustração rapidamente se transformam numa profunda tristeza e desconsolo. E esta tristeza e desconsolo são recompensadas com muita comida. E por achar que estou comendo demais, quando me olho no espelho, me acho muito gorda. E ao me olhar no espelho, eu vejo que as espinhas ainda estão lá. E aí eu me sinto MUITO irritada e frustrada, etc, etc, etc (o ciclo se inicia novamente).

Vejam só: tudo o que descrevi acima são sintomas característicos da TPM (que sem precedentes aparecem, e sem precedentes vão embora)… mas que por falta de conhecimento, podem ser encarados como problemas reais da vida.

E se nós os encaramos como problemas reais da vida, nossa resposta a eles é uma entrega total à depressão e tristeza. A gente espreme o rosto inteiro, toma decisões impensadas, etc. Mas se os encaramos como sintomas passageiros, nossa resposta é estratégica e consciente.

ESPELHO, VAMOS DAR UM TEMPO

Gente, não ri, é sério. Estudos recentes mostram que as mulheres que se olham menos no espelho, são mais felizes e bem resolvidas consigo mesmas. No auge do meu desespero, eu fico me olhando no espelho a cada 10 minutos (literais), na esperança de que a minha aparência vai repentinamente mudar e melhorar. Fico alimentando ainda mais o ciclo e perdendo totalmente o controle sobre mim e minhas emoções. Uma estratégia que eu uso pra não desencadear o ciclo degradante que citei acima, é cortar o mal pela raíz, de onde todos os outros sintomas da TPM se agravam mais ainda.

ANTES, DURANTE E DEPOIS DA TPM, VOCÊ É O QUE VOCÊ COME

Já li muitos artigos sugerindo a ingestão de alimentos específicos durante a TPM para a amenizar os principais sintomas conhecidos. Entretanto, estudos recentes mostram que a incidência destes sintomas pode ser significativamente menor dentre o grupo de mulheres que consomem estes alimentos regularmente (já há alguns anos) e não somente durante o período de desconforto.

Guardem estes nomes: Cálcio, magnésio e vitamina B6. Quando estes nutrientes estão em falta em nosso organismo, é natural que fiquemos taradas por chocolate, muito irritadas e depressivas. Durante todo o mês, se esforce para incluir ricas fontes destes nutrientes à sua dieta, como derivados do leite, salmão, grãos integrais, banana, batata, abacaxi, verduras, folhas e muita água para diminuir a retenção de líquidos, e a sensação de inchaço.

Estes alimentos também ajudam a atenuar a severidade das cólicas menstruais, cujas causas devem ser cuidadosamente investigadas junto a um ginecologista, quando analgésicos e anti-inflamatórios já não dão mais conta do recado.

Evite: álcool, cafeína e sal, de preferência a vida inteira e não só durante a TPM.rsss

CONSIDERAÇÕES FINAIS

No meu caso, eu já aceitei o fato de que metade do meu mês está comprometido pela TPM e pela própria menstruação em si (mulher sofre, gente). E por isso, estando ao meu alcance e dentro das minhas possibilidades, eu sempre dou preferência para realizar compromissos importantes e de peso, na ouuuuutra metade do mês quando estou me sentindo ótima, linda e alto-astral: festas, reuniões, fotografias, encontros, etc.

  • Principalmente no caso da irritabilidade, acho também muito importante avisarmos às pessoas mais chegadas com quem convivemos em casa, na escola e no trabalho; para que uma resposta atravessada não venha a se tornar motivo de mágoa ou discussão. Chá de camomila antes de dormir e suco de maracujá também ajudam a acalmar.

Todavia, tomemos muito cuidado para não transformarmos a TPM numa desculpa legítima para a grosseria e rispidez. Todo esforço conta para que ninguém se torne a próxima vítima: respire fundo, conte até 10, sorria mesmo se tiver vontade de matar. O perigo está em nos entregarmos a essas inclinações passageiras, e ficarmos marcadas pra sempre por episódios que poderiam ter sido evitados.

  • A fome aumenta, e eu fico com vontade de comer e mastigar o dia inteiro. Minha tática pra saciar esta “falsa” fome é comer alimentos ricos em fibras que vão me dar aquela sensação de saciedade (frutas com casca e bagaço e verduras): pico tudo num bowl e vou beliscando durante o trabalho, ou em frente à TV. Se tenho vontade de comer um chocolate, como um quadradinho, e não a barra inteira.
  • No caso da acne, eu não faço qualquer intervenção, uma vez que a garantia de que ela vai sumir após aquele período é certa. Não manipulo e não passo remédios ou cremes (principalmente porque as espinhas podem piorar inicialmente, o que é muito característico das substâncias tópicas para a acne). Evito levar a mão ao rosto, e sigo normalmente com as minhas rotinas de cuidados para a pele oleosa que vocês já conhecem.

Em suma: não se entregue a TPM. Não deixe de viver por causa dela, não a use como desculpa… E se você sente que todo o seu esforço é pouco, e que ela te domina apesar de tudo, procure um médico para um tratamento mais direcionado e eficaz. Já existem medicamentos e terapias específicas para os casos mais agudos da TPM.

Estamos juntas nesta luta, meninas! Espero ter ajudado de alguma forma!

Beijo grande pra vocês!! =***

Rotina de Cuidados: Pele Oleosa com Tendência à Acne. A maneira como eu faço =)

Meninas lindas do meu coração! ❤

Hoje eu vim dividir com vocês a minha rotina de cuidados com a pele do rosto. Até cheguei a pensar em fazer um vídeo único mostrando também como cuido da pele do corpo, mas daí pensei melhor e cheguei à conclusão de que o vídeo ficaria muiiiito grande. Então, na próxima faço um vídeo pra compartilhar meus cuidados com o corpo em geral =)

Bom, todo mundo quando vê minhas fotos ou vídeos sempre diz que minha pele é ó-te-ma e perfeita! E é lógico que isso não é verdade, principalmente pela forte tendência à acne que minha pele tem….

Posso dizer que depois que tratei minha acne definitivamente e aprendi que quanto menos moda eu inventar, melhor minha pele vai ficar (rimou), maiores são as chances de eu ter uma pele no mínimo saudável e bonita.

Hoje, aos 25 anos, devo admitir que tenho uma pele muito mais bonita e viçosa do que tinha aos 18 ou 19… um verdadeiro patrimônio que conquistei, e que me esforço diariamente pra manter.

Talvez ao final do vídeo você possa até dizer: “Nossa, é isso?” (rsss) Porque de fato, eu não faço nada de mais… é tudo muito simples e banal. Eu vivo a realidade inversa da maioria das mulheres: Quanto mais coisas eu passo na minha pele, PIOR ela fica.

Além disso, eu não sou exatamente ambiciosa no quesito pele… não fico buscando uma pele de pêssego ou de bebê, porque eu sei que nunca vou atingir este padrão, devido à minha genética e à minha idade. Só os bebês tem pele de bebê.rsss  Contanto que a minha esteja saudável e com viço, já fico super feliz e satisfeita 😀

Como vocês sabem, eu não fico me prendendo às regrinhas… por isso sou contra este negócio de ficar lavando o rosto o dia inteiro achando que  a pele vai ficar menos oleosa, ou esfoliando a pele três vezes por semana acreditando que ela vai ficar mais fina…

Minha convicção é que devemos observar o comportamento da nossa pele, e só dar a ela o que de fato ela está pedindo ali naquele momento. Se o tempo está mais seco, e você observa que sua pele não está produzindo sebo exageradamente, não tem porque  lavar o rosto mais do que duas vezes no dia (tipo de manhã e a noite…)

Ou se ela está meio avermelhada, se irritando facilmente, suspenda algumas rotinas até detectar o que está causando aquele quadro… E por aí vai. São princípios, e não regrinhas  😉

____________________________________________________________________________________________

A propósito, não acrescentei nenhuma rotina anti-idade para a região dos olhos, por exemplo, porque ainda não tomei coragem de comprar o bendito que minha dermatologista me receitou, e que custa mais de 130 merréis. Tô esperando minha próxima viagem à América.rsss

No mais, eu conto tudo com mais detalhes no vídeo, e qualquer figurinha que vocês queiram trocar sobre produtos e rituais, deixe aqui seu comentário que terei prazer em responder 😉

Super beijo pra vocês!! =***

VLOG Pergunte para Diana Said =)

Ei meninas! Saudades ❤

Hoje eu vim compartilhar com vocês uma nova tag que já venho sendo cobrada para fazer há alguns meses =)

Desde o meu primeiro vídeo falado sobre upgrade de imagem e auditoria de pertences, minhas queridas leitoras vem me pedindo pra fazer mais vídeos falados, dar minhas opiniões e contar minhas histórias na frente da câmera (rssss)…  (Vocês devem ter observado que a maioria dos meus vídeos são mudos e com instruções legendadas.)

E como tenho muita alegria e prazer em interagir com minhas leitoras e suas sugestões, hoje trago pra vocês a tag VLOG: Pergunte para Diana Said, onde vocês poderão me enviar temas e assuntos para serem discutidos nos vídeos 😀

O primeiro da série se chama “Acne Adulta, Roacutan e Dicas para Pele Oleosa com Tendência à Acne”, que foi muito solicitado principalmente pelos meus subscribers do Youtube, para complementar o post que escrevi ano passado “Acne Adulta. Eu tive e tratei com Roacutan”.

Por questões técnicas e para ficarmos mais à vontade, os vídeos desta tag poderão ser mais longos e com menor qualidade visual. A idéia desta tag é diferente dos outros vídeos do blog em que queremos sempre primar pela rapidez e praticidade. No vlog, tempo e edição não serão problemas, e toda a atenção se voltará à profundidade com que trataremos dos temas sugeridos por vocês 😉

O próximo vlog terá como tema a limpeza da pele, higienização dos itens de maquiagem (pincéis, etc) e rotinas de cuidado com o corpo em geral (tema também sugerido por vocês anteriormente)… O que acham?

Bom, espero que gostem e que seja um papo gostoso e descontraído 😉

Então, let’s talk!! =*** (o vídeo está dividido em duas partes)

Receita infalível para uma pele jovem, linda e saudável: ir ao dermatologista e seguir todas as suas prescrições.

Quem nunca se rendeu à tentação de experimentar receitas de beleza esdrúxulas, extraídas da internet (ou de qualquer outra fonte não muito confiável) … que atire a primeira pedra!

Fale a verdade: você nunca fez aquele ritual depurativo com limões, ou a “leve” esfoliação no rosto com açúcar cristal e mel…? E as receitas com abacaxi, Hipoglós e feijão branco pra clarear manchas de acne e sol? Técnicas com agulhas para espremer espinhas com sucesso!?

Bom, se isso te consola: eu já pinguei própolis em concentração altíssima diretamente numa espinha há uns dois anos, e os resultados não poderiam ter sido mais desastrosos: 1) A região do meu rosto por onde a própolis escorreu ficou verde, e NADA no mundo fazia a mancha verde sair. (daí procurei outra receita caseira pra fazer a mancha verde sair, mas não achei.rss), 2) Tive uma alergia/irritação no local, que deixou minha bochecha inchada e empolada… e VERDEEE! Ou seja: passei por uma metamorfose alienígena por causa de uma espinha.

Por que somos assim?? Estamos sempre nos auto-medicando, experimentando coisas que deram certo nas outras pessoas sem qualquer orientação médica, colocando a saúde em risco pela promessa do milagre… inventando procedimentos estéticos dentro do banheiro, misturando produtos… Meu Deus, eu era assim! rssss (já fiz isso até com produtos de limpeza pra criar uma fórmula perfeita que deixaria os banheiros brilhando! Conclusão: quase criei uma arma química nuclear e tive que sair de casa correndo porque não conseguia mais respirar…………)

É muita falta de noção somada a um excesso de auto-confiança. Inclusive, nessa brincadeira de esfoliação, já quase provoquei uma semi-queimadura no rosto. Cheguei ao consultório com um lado do rosto todo vermelho, a ponto de nem a dermatologista conseguir acreditar que eu havia feito aquilo em mim mesma. #autoflagelo

A era da hiper-informação fez de todos nós grandes produtores de conteúdos dos mais diversos assuntos. De repente, todo mundo virou médico. O Google suplantou os consultórios.

Por isso hoje quis trazer alguns pontos sobre cuidados com a pele, para quebrar esse paradigma da auto-medicação-prescrição. Existem sim rituais e hábitos em geral que são praxe e dispensam uma consulta com um especialista: tratam-se de princípios universais aprendidos nas aulas de biologia da escola. Em contrapartida, não podemos desprezar as sérias consequências que podem estar envolvidas nas receitas do dr. Google.

Seguem então três dicas seguras e confiáveis para o cuidado com a pele:

1) PROTETOR SOLAR: Dizem que a mulher brasileira é uma das mais vaidosas do mundo. Está sempre bem arrumada e radiante. Entretanto, muito me admira que a mulher brasileira, habitante de um país tropical, ainda não tenha se convencido definitivamente da importância do protetor solar. Digo isso por mim: levei anos para aderir ao protetor solar como o mais SUPREMO cuidado com a pele. Já joguei dois protetores no lixo, lacrados, com validade vencida…. nunca foram usados. Hoje? Se eu vou no portão atender à campanhia, eu passo protetor solar.

2) HIGIENE DA PELE COM PRODUTOS PARA SEU TIPO DE PELE: Removedor de maquiagem (demaquilante) e sabonete PRÓPRIO para seu tipo de pele. A marca pode ser a mais cara e chique do mercado: se não for próprio para seu tipo de pele, não compre. Principalmente se sua pele for oleosa com tendência a acne, como é o caso da minha. Sabonete comum não remove maquiagem, principalmente na região dos olhos. Por isso, use um demaquilante eficaz pra evitar de ficar esfregando o rosto com o sabonete na esperança de que a maquiagem vai sair.

3) CONSULTE UM DERMATOLOGISTA REGULARMENTE: Faça uma lista das dúvidas, desconfortos e preocupações que você tem em relação à sua pele e leve para o consultório. Questione seu dermatologista ponto-a-ponto, e aguarde até que ele ache conveniente prescrever alguma coisa para sua pele. Dessa maneira, você evita gastar dinheiro, tempo e energia em “receitinhas” que não tem eficácia comprovada, e que podem causar danos à sua saúde. Em algumas situações, as receitinhas nos trazem problemas e transtornos que antes não tínhamos… e daí bate aquele arrependimento “pra que eu fui mexer com isso”?

Recaptulando: Se você usa protetor solar e higieniza sua pele com os produtos certos para seu tipo de pele, você já está no caminho certo. Qualquer coisa ALÉM disso que você queira fazer, não invente moda: consulte um especialista.

Fica a dica 😉

Acne Adulta. Eu tive e tratei com Roacutan.

Primeiramente, antes de falarmos sobre minha experiência com a Acne e o Roacutan propriamente ditos, quero enfatizar que:

1) Não sou médica e por isso não estou recomendando ou “prescrevendo” o Roacutan para ninguém.

2) O tratamento me foi prescrito por um dermatologista, ficando claro que ninguém aqui deve usar de meios ilícitos para conseguir o remédio.

3) O Roacutan só é recomendado quando todos os outros tratamentos tópicos falharem. Ou seja, não adianta chegar para o seu dermatologista amanhã e implorar que ele te prescreva a droga mais forte que existe, sendo que as primeiras alternativas sequer foram tentadas.

4) Existem tipos e tipos de pele, além de tipos e tipos de organismos. Logo, o que funcionou pra mim, pode não funcionar pra você.

5) Não estou sendo paga pela Roche para falar sobre o Roacutan, e por isso reforço que este post é um relato da experiência que tive com a Acne e o tratamento que fiz. Nada mais. O vídeo abaixo foi dividido em duas partes =)

______________________________________________________________________________________________________

UM BREVE HISTÓRICO

Aos 14/15 anos, eu não fui exatamente aquela adolescente que se encaixasse no estereótipo da chatice e do rosto cheio das tão famosas espinhas. Pra falar a verdade, eu não era vaidosa com muita coisa… pele, corpo, essas coisas… (com exceção dos cabelos que experimentavam secador e chapinha toda semana… ainda não existia progressiva, gente!!).

Já por volta dos meus 17 anos, as primeiras espinhas começaram a aparecer timidamente, principalmente na testa e nas maçãs do rosto. E devido à minha falta de atenção e à pouca vaidade, deixei aquilo pra lá, como quem diz: “Ah! Vai passar!”

E se você tem ou teve acne, você vai concordar comigo que não há nada pior do que chegar nos eventos da família, e ter todas as suas primas e tias perguntando o que houve com você, o porquê de tantas espinhas, se é doença, se tem cura… enfim! Muito chato!

Mesmo assim, eu não estava ligando muito… sério mesmo, não estava nem aí. Daí um dia, não me lembro exatamente por que, fui à uma ginecologista para verificar outras questões, e ela viu que minha acne já estava aparecendo nas costas e no colo. Foi quando ela rapidamente diagnosticou que minha acne era de procedência hormonal, e que bastava um anticoncepcional para mandar as malditas embora!

Excelente. Comecei a tomar o anticoncepcional (daquele jeito, né… lembra um dia, esquece quatro…) e os resultados foram gradativamente aparecendo! TODOS comentavam: como sua pele melhorou, que sucesso, ainda bem, tinha tanta dó de você, aleluias, graças a Deus!!

MÚSICA TENSA

Simplesmente, minha pele me enganou… fingiu que estava curada, até o dia em que sua máscara caiu! Eu já estava com 21 anos quando ela resolveu mostrar a que veio, fazendo brotar as mais inflamadas e doloridas espinhas do mundo no meu delicado rosto! Este é o momento em que mais sofremos: quando deixamos de ir a festas e tantos outros programas sociais, em função do desconforto e vergonha que a acne causa. Por mais que todos digam: você é linda de qualquer jeito, vai passar, deixa isso pra lá, o que é que tem, não seja boba, isso não é nada…………….. Não adianta! Ninguém quer sair de casa com o rosto vermelho e cheio de pus!! É hipocrisia essa conversa! Todos nós queremos uma pele no mínimo normal, sem erupções, sangue ou feridas!

Acne Diana Said – ANTES

CLIQUE AQUI para conhecer minha rotina de cuidados com a pele oleosa e tendenciosa à acne: https://dianasaid.com/2012/01/31/rotina-de-cuidados-pele-oleosa-com-tendencia-a-acne-a-maneira-como-eu-faco/

CLIQUE AQUI para assistir ao vídeo: Cinco hábitos noturnos fundamentais para quem tem pele oleosa com tendência à acne: https://dianasaid.com/2012/05/01/cinco-habitos-noturnos-fundamentais-para-quem-tem-pele-oleosa-com-tendencia-a-acne/

CLIQUE AQUI para assistir ao vídeo: ACNE, dicas e princípios básicos a serem observados durante o tratamento: https://dianasaid.com/2012/07/18/dicas-e-principios-supremos-a-serem-observados-durante-o-tratamento-da-acne/

Enfim… voltei a uma outra dermatologista, que me receitou mil coisas de passar no rosto entre sabonetes e cremes noturnos. Foram eles: sabonete de enxofre, Peróxido de Benzoila 10% e Clindamicina. Confesso que funcionou durante algum tempo, mas as malditas voltavam, rindo da minha cara e fazendo hora comigo! Foi quando ela resolveu me receitar a Tetraciclina associada ao tratamento tópico… ok, não resolveu.

Aí eu comecei a me preocupar. Olhava minhas fotos de quando tinha 15 anos, e chorava ao lembrar de como minha pele era lisinha e perfeita! E sempre me perguntava: E se eu tivesse cuidado mais? Poxa! Como fui relapsa com o meu rosto! Essa parte dói…

Bom, naqueles dias, ouvi falar que um amigo estava tratando com o Roacutan e pedi à minha dermatologista que me explicasse melhor sobre a droga. E embora ela tenha feito mil ressalvas, eu só conseguia me concentrar na parte em que ela dizia que o remédio tinha eficácia comprovada e que prometia curar a acne de vez. Meus olhos brilharam!!!

PRAZER, ROACUTAN.

Não vou me estender aqui falando do Roacutan em si e suas propriedades, mas uma boa síntese do que ele é seria “Retinóide de ação anti- seborréica específica para tratamento oral da acne grave, nódulo – cística e conglobata, e quadros de acne resistentes a outras formas de tratamento.” Se você deseja saber mais sobre o remédio, você pode acessar a bula aqui http://www.bulas.med.br/bula/3487/roacutan.htm

Depois da leitura da bula, você passa a compreender o porquê de o Roacutan ser uma droga tão controversa não só no Brasil, mas no mundo inteiro. Além do risco de sintomas psicóticos relatados na bula, existe ainda o risco de má-formação do feto numa possível gestação durante o tratamento, que é inclusive o que mais assusta as mulheres que tratam com a droga. (Ouvi dizer que a Carla Perez interrompeu seu tratamento com o Roacutan quando soube dessa possibilidade…)Em contrapartida, é importante enfatizar que os dermatologistas conduzem o tratamento de maneira séria e sistemática. São exames de sangue realizados até duas vezes no mês, fora as visitas regulares ao consultório. Eles só te prescrevem a próxima cartela do remédio, com seus exames em mãos que não só garantam que sua saúde não corre qualquer risco, mas também assegurem que não há uma gestação em desenvolvimento. Nas farmácias, o sistema é ainda mais controlado, sendo necessária a apresentação de identidade, assinatura e um canhoto do seu dermatologista (não vale escrever num papel, assinar e carimbar como se fosse qualquer outro remédio) com data vigente do mês e tudo o mais.

Muitas pessoas me disseram à época: “Você é doida?? Esse remédio mata, esfola, acaba com sua vida, deforma feto, etc, etc, etc”. E é claro que nenhuma dessas pessoas tinha formação acadêmica na área de medicina que pudesse sustentar tamanho espanto. Foi por essas e outras que me ative a ouvir o que o meu dermatologista falava, evitando inclusive contar para o mundo inteiro que estava tratando com o Roacutan.

COMEÇANDO O TRATAMENTO

Nada como uma possibilidade novinha em folha diante de nós. Quando comecei a tratar com o Roacutan, estava otimista, feliz e ansiosa por ver os resultados! Mas é lógico que muito rapidamente toda esperança fica comprometida, quando a acne piora consideravelmente no início do tratamento. Sempre brinco que o tratamento com Roacutan é semelhante ao tratamento de Deus para conosco: no início as coisas pioram muito (devido à nossa resistência), mas depois.. você não acredita nos resultados!

E comigo não foi diferente. Senti aquele gelo só de pensar que todo o meu investimento (emocional e financeiro) poderiam ir por água abaixo logo de cara. Mas a bula do remédio era minha literatura da época, e por isso sempre me apoiava no argumento de que o organismo estava reagindo contra a ação da droga que insiste em secar as glândulas sebáceas.

Tive paciência e disciplina… e logo no terceiro mês, os resultados já eram surpreendentes. Pense numa pele lisa… agora pense numa pele lisa, clarinha, e com aquele viço que ela NUNCA teve. Agora pense na alegria de se olhar no espelho de manhã e no lugar de uma pele cheia de espinhas e erupções, você vê uma pele que praticamente sorri pra você e te diz “bom dia, vida!”.

(Por isso sempre uso o exemplo de Deus… essa coisa do novinho em folha, de nem parecer você… da cicatrização, das feridas se fechando, a pele se renovando! Me lembra muito do modo como Deus trata da gente…)

Você ganha OUTRA pele. Você não reconhece a sua pele… Você fica com vontade de levantar da cama mais cedo pra olhar aquela pele… é uma alegria que não dá pra descrever! Só quem teve acne severa sabe do que estou falando…

É óbvio que além do preço que se deve paga para adquirir o remédio, existe ainda o preço dos efeitos colaterais, que se resumem basicamente à pele do rosto ficar bastante sensível (por isso nunca saia de casa sem protetor solar) e a ressecar tudo o que você tem no seu corpo: lábios, olhos e mucosas, principalmente. Algumas pessoas chegam a ter sangramentos, mas eu não tive NADA. Meu colesterol não aumentou nenhum pontinho sequer… No máximo tive ressecamento nos lábios e olhos, que eu tirei de letra com colírio e, claro, Bepantol.Em momento nenhum e por dificuldade nenhuma eu pensei em abandonar o tratamento, e confesso que passei pelos efeitos colaterais dando glória a Deus!

PÓS TRATAMENTO

Fiz o tratamento durante seis meses e não posso omitir o fato de que a pele volta a ser oleosa (como era antes) e o aspecto com poros dilatados também volta. Entretanto, mesmo que uma ou outra espinha apareça bem esporadicamente (tipo duas vezes no ano), eu nunca mais tive uma espinha inflamada sequer, ou qualquer tipo de surto de acne como costumava ter.

Acne Diana Said – DEPOIS

Hoje, bem diferente da Diana do passado, eu cuido sistematicamente da minha pele zelando sempre por estes pontos principais:

1) Não uso NADA que não seja próprio para pele oleosa, e tudo o que passo no rosto ou é em gel ou líquido. Creme, jamais.

2) Nunca, em hipótese alguma, sob nenhuma circunstância, tento manipular ou espremer qualquer coisa no meu rosto. É natural que a nossa inclinação seja de realmente arrancar aquilo fora do nosso rosto, como algo que não nos pertence! Fora o conforto que sentimos de ver que estamos protestando contra a acne, não permitindo que ela fique em nosso rosto! Mas, acreditem em mim, mexer SEMPRE é pior.  Inclusive, esse aprendizado me custou marcas e cicatrizes que tenho no rosto até hoje…

3) Não caio nunca na tentação de dormir com maquiagem no rosto, ou sem fazer a devida higiene da pele. Às vezes já estou quentinha na cama, e mesmo assim quando me lembro, dou um pulo e mergulho o rosto na água fria mesmo com um bom sabonete de enxofre e ácido salicílico.

4) Tenho uma toalha limpa e separada só para o meu rosto.

5) Dou valor à pele nova que ganhei depois do tratamento e não pretendo deixar meus péssimos hábitos e preguiça tirarem-na de mim.

Acne Diana Said – DEPOIS

PARA MAIS VÍDEOS, VLOGS, BATE-PAPO E TUTORIAIS DE BELEZA, CLIQUE AQUI =) http://www.youtube.com/user/dianasaid100

Sei que essa conversa não vai parar aqui neste post, e estou à disposição para trocar mais figurinhas, dar mais detalhes, ou esclarecer alguma coisa que esteja ao meu alcance esclarecer.

Enquanto isso, nem pense em se auto-medicar e aproveite para fazer uma super visita ao seu dermatologista. Ele sabe o que é melhor pra você e pra sua pele…

Bjkas! =*=*=*

Lábios sedosos e macios com Bepantol

PARA MAIS VÍDEOS, VLOGS, BATE-PAPO E TUTORIAIS DE BELEZA, CLIQUE AQUI =) http://www.youtube.com/user/dianasaid100

Em 2008, quando tratei minha Acne com Roacutan, fui apresentada à milagrosa pomada Bepantol pela minha dermatologista da época.

No primeiro momento, achei meio “festa estranha com gente esquisita” ficar passando aquela coisa na boca (ainda mais na frente das pessoas)… mas se você já tratou com Roacutan, certamente deve se lembrar como os lábios ficam em tempo de cair no chão de tanto ressecamento e rachaduras que tendem a aparecer.

Na verdade, tudo resseca! É uma loucura! Mas isso é assunto para um próximo post onde falarei sobre Acne Adulta e minha experiência com o Roacutan… aguardem.

Bom, a questão é que: eu terminei o tratamento com o Roacutan (clique aqui para ler o post e assistir ao VLOG) há mais de dois anos, e não consegui largar do Bepantol até hoje!!! Isso é droga, gente?? Vicia as pessoas?? Vocês conhecem algum tipo de BA (Bepantólatras Anônimos)?? Preciso frequentar…

CLIQUE AQUI para conhecer minha rotina de cuidados com a pele oleosa e tendenciosa à acne: https://dianasaid.com/2012/01/31/rotina-de-cuidados-pele-oleosa-com-tendencia-a-acne-a-maneira-como-eu-faco/

CLIQUE AQUI para assistir ao vídeo: Cinco hábitos noturnos fundamentais para quem tem pele oleosa com tendência à acne: https://dianasaid.com/2012/05/01/cinco-habitos-noturnos-fundamentais-para-quem-tem-pele-oleosa-com-tendencia-a-acne/

Os lábios ficam sedosos, gente… macios e, o mais importante: muito beijáveis!

Eu até tive uma época de experimentar aqueles Lip Care & Protection da Nivea, mas aquilo é muiiiito caro, para uma pessoa que come tudo com angu em uma semana, tipo eu.

Bepantol rende (adoooro tudo que rende!!!), basta uma pontinha de nada no dedo e aquilo espalha que é uma beleza! É mais vitamina B5 para os seus lábios, minha gente… e tudo isso dentro de uma bisnaga que você encontra a um preço super acessível, com duração de até 3 ou 4 meses! É disso que a gente precisa…

Fora que, como se trata de um poderoso cicatrizante, você é sempre aquela pessoa da festa que acode a criança que ralou o joelho! Ou aquele amigo que queima o dedo na churrasqueira! Ou seja: Com Bepantol, você está sempre preparado para ajudar os outros! Seus amigos estão seguros andando com você, por que você tem Bepantol!! É um diferencial na amizade… eu acho.rs

Vocês entenderam por que eu não consigo largar do Bepantol??? Um dia eu esqueci minha bisnaga no escritório de um cliente, e quando me dei conta… nossa, meu mundo caiu. Perdi o chão! Tive que chegar em casa e passar Hipogloss na boca (meu Deus, como aquilo fede!). Mas daí recuperei minha bisnaga e tudo ficou bem…

Falando sério agora…

Experimentem de noite, antes de deitar: depois de escovar os dentes, faça uma leve esfoliação nos lábios com qualquer esfoliante de sua preferência (pode ser inclusive a própria escova de dente). Daí logo em seguida, aplique o Bepantol nos lábios (dê atenção aos cantinhos da boca)… Suuuuper gostoso e refrescante!!

Fica a dica… Bepantol vicia.rs

Bjs galera!!