Lançamento do livro “VENÇA O MEDO DE DIRIGIR, e outras fobias”

1000365_669064806458487_968409958_n

Ei, pessoal!

Nesta sexta-feira próxima, dia 13, meu cunhado e psicólogo Ronilson Lopes promoverá um coquetel de lançamento de seu primeiro livro “VENÇA O MEDO DE DIRIGIR, e outras fobias”. \o/

Em suas próprias palavras:

Este livro é resultado de seis anos de experiência no tratamento profissional com clientes que, por algum motivo, não dirigem. Aqui você vai encontrar depoimentos de várias pessoas que se submeteram a um tratamento na Clinicar Terapia Breve em razão do medo de dirigir e também de outras fobias. Pessoas que carregam em seu inconsciente sofrimentos tais como: angústia, culpa, rejeição, ódio, revolta, perfeccionismo, traumas, insegurança e sentimento de incompetência por não estarem bem com sigo mesmas, tendo como desconforto o desequilíbrio psicológico, a baixa autoestima e a atitude mental negativa. Pessoas que nutrem sentimentos de culpa, tristeza, depressão e autopunição. A partir daí devido às cobranças, surgem o medo e o sentimento de incompetência. Pessoas que, agora, estão livres desses sentimentos e desconfortos, conquistaram a sua liberdade e resgataram o seu sonho: o de dirigir tranquilamente. 

Aqui em Belo Horizonte, o trabalho da Clinicar (onde o psicólogo Ronilson realiza os atendimentos) é bastante notório e reconhecido, e já vem há vários anos contribuindo para a cura emocional de muitas pessoas. Para quem tiver interesse, o coquetel de lançamento acontecerá no dia 13 de Dezembro, às 20h00, no Salão Social da Igreja Metodista Central de Belo Horizonte (Rua Tupis 51 – Centro.)

É uma leitura que vale muito a pena! Mais informações aqui:

Clinicar Terapia Breve VENÇA O MEDO DE DIRIGIR

Rua Tupis 204 sala 205 – Centro – BH

(31) 25517370 – (31) 93910104 (tim) – (31) 93930443 (vivo)

Ronilson Lopes de Almeida: Teólogo e Psicólogo Clínico / Psicólogo Perito e Examinador de Trânsito / Psicólogo Perito em Acidente de Trânsito / Especialista em Traumas e Fobias de Dirigir

Espero que este lançamento edifique a vida de vocês! Beijo grande e até breve! =**

Anúncios

Erros de gravação e retrospectiva – as melhores dicas que pintaram por aqui EM 2012!

Espero que este vídeo chegue em boa hora =)

Um beijo grande e divirtam-se!!

NOVO VÍDEO: Organização da casa, especial fim-de-ano! (Produtos Conforto Online)

Olá, minhas queridas!

Esta semana recebi da Conforto Online, diversos itens super bacanas e úteis para a organização da casa! São basicamente aquelas soluções perfeitas e sob medida, que mantem cada coisinha em seu devido lugar, otimizando e aproveitando o nosso espaço, da melhor e mais inteligente  maneira possível!

Fazia tempo que eu não me *jogava* na faxina e na organização, e resolvi aproveitar o ensejo para dividir com vocês meus rituais de *arrumação* de fim-de-ano. 😀

Dicas, bate-papo e figurinhas repetidas, você encontra no vídeo!

Aproveite que o ano ainda não acabou, e organize sua vida e seu espaço! Um beijo no coração de vocês e até breve!! =***

conforto_online_dianasaid_4conforto_online_dianasaid_3conforto_online_dianasaid_2

PUBLIEDITORIAL

GUIA DE SOBREVIVÊNCIA: 11 dicas eficientes para vencer os dias quentes e ensolarados! #sóJesus

Sobreviver é um instinto característico e inerente a todo ser vivo. Digo isto, porque – de fato – se este calor não estiver testando nossa resiliência e capacidade de sobreviver, sinceramente não sei qual outra justificativa atribuir às temperaturas dos últimos dias. 😛

Em BH, o dia de ontem foi apontado como o segundo dia mais quente de toda a história da cidade, desde 1910, perdendo somente para o dia 4/10/1987, que mantém a liderança com 36.9ºC. Ou seja: a sensação térmica, como disse minha amiga Larissa, é semelhante a estar no Deserto do Saara vestindo um conjunto de moletom. Ótima definição!! rsss

Por isso, pessoal, precisamos pensar em alternativas rápidas e eficientes que nos ajudem a sobreviver a estes dias, sem que as temperaturas impactem demais em nossa produtividade e bem-estar.

Eu, por exemplo, sempre penso o corpo humano como um grande motor que, ao se superaquecer, precisa ser refrigerado de alguma maneira, antes que o superaquecimento comprometa a capacidade de este corpo desempenhar suas funções básicas (tipo um veículo automotor mesmo…)

Desta maneira, é importante pensar em soluções que necessariamente vão diminuir a temperatura do corpo, em relação à temperatura do ambiente. Pense gelado 😀

1) Comece o dia com um banho frio! Banho quente ou banho morno não ajudam em absolutamente nada, e só aumentam ainda mais a temperatura do seu corpo, fazendo-o sentir muito mais calor do que sentiria se não tivesse tomado aquele banho.

2) Depois do banho frio, seque as regiões do corpo que estarão em contato com a roupa que você vai vestir, e lembre-se de deixar as partes nuas (braços, pescoço, colo, etc) levemente umedecidas com a água fria do banho. Fazendo isto, você prolonga a sensação de frescor e brisa até que aquelas gotinhas de água se evaporem completamente 😉

Além disso, tente lavar os cabelos todos os dias e sair de casa com as madeixas molhadas! Este truque é excelente para controlar a **refrigeração** do corpo e prolongar por mais algumas horas aquela sensação boa de “acabei de sair de um banho frio!Observação: Contanto que os cabelos sequem completamente até a próxima lavagem, não há problema ou dano algum em lavá-los todos os dias.

3) Quanto ao vestuário adequado pra estes dias, o que posso dizer? Maiô e calção de banho? 😛 Claro que não! É só evitar tecidos muito grossos e escuros que acabam absorvendo mais calor do que as roupas claras… Aliás, o pulo do gato mesmo, é usar roupas e calçados claros, de tecidos leves e furadinhos que permitam a entrada de correntes de ar pelo corpo!

Ou seja: faça como os árabes que naquele calor descomunal, usam túnicas longas que mantem o corpo relativamente refrigerado pelo arzinho que entra por baixo… tendeu?

4) A alimentação e ingestão de bebidas também precisam ser repensadas sob uma perspectiva diferente: substitua as bebidas quentes (chás, cafés, leites, etc) por bebidas geladas, e alimentos refogados e ensopados por alimentos crus e frios como saladas, frutas e legumes. Lembre-se que o objetivo é evitar que o corpo se superaqueça e chegue aquela sensação terrível de calor!

5) A velha e boa garrafinha com água congelada que vai derretendo ao longo do dia, ainda é uma ótima opção para beber água fria o dia inteiro e manter o corpo hidratado. Mas aí, não espere aquela sede assassina bater, para só então tomar um copo gigante de água. Passe o dia bebendo pequenas quantidades de forma proativa, para que não haja impactos bruscos na temperatura do seu corpo… A chave é manter a refrigeração e hidratação do corpo. 

Inclusive, bebidas alcoólicas não valem neste esforço! Lembre-se: o álcool desidrata 😛

6) Como nestes dias mais quentes, a gente transpira muito mais do que o normal, é importante repor aqueles nutrientes que vão embora junto com o suor.

Se você assim como eu não tem frescura, tenho certeza que vai se beneficiar muito com aqueles sucos malucos que misturam legumes com frutas, tipo cenoura com laranja, beterraba com couve, etc… Não precisa inventar moda: é água, frutas e legumes. E pra ficar ainda mais refrescante e interessante, congele as frutas em pedaços, e depois bata-as no liquidificador! Smoothie saudável!!

7) Agora, muito cuidado com os ventiladores e condicionadores de ar. Porque sei que estes benditos geram discórdia e discussão, principalmente no ambiente de trabalho, onde um aparelho central precisa – de forma mágica – atender ao gosto pessoal de dezenas de pessoas diferentes.

Os médicos dizem que a temperatura ideal para um ambiente refrigerado por condicionadores de ar, é de 20 a 22ºC. E a etiqueta diz que aqueles que sentem frio a esta temperatura, devem vestir seus casaquinhos trazidos de casa, ao invés de pedirem que a temperatura do ambiente inteiro seja alterada.

Se devido à ação do ar-condicionado, você acaba sentindo desconforto e ressecamento nos olhos e narinas, leve de casa o seu soro fisiológico e aplique ao longo do dia para manter estas regiões hidratadas e umidificadas. Já no caso dos choques-térmicos, a recomendação é vestir aquele casaquinho básico antes de entrar no ambiente refrigerado 😉

Seguindo estas dicas, você já consegue vencer metade do seu dia, restando somente o momento mais tenso de que se tem notícias num dia muito quente: a hora de dormir.

8) Na minha opinião, quando o assunto é dormir bem no calor, o ideal é a gente agir com algumas horas de antecedência. Arejar o quarto umas horas antes (abrir as janelas, ligar o ventilador, etc), começar a se acalmar, e tomar um banho frio pra não chegar na cama com o corpo fervendo.

9) E ao invés de ficar rolando de um lado para o outro buscando aquela posição perfeita, experimente deitar de barriga pra cima e ficar quietinho até pegar no sono. A conta é simples: quanto mais movimentos você faz, mais atrito você gera com o lençol, e atrito gera calor, e o calor não vai te deixar dormir 😛

10) Tente também evitar lençóis e pijamas sintéticos, porque estes materiais esquentam mais quando comparados com as peças de algodão e linho. (Aliás, que pijama e que lençol, né? Quanto menos roupa e lençol, melhor!!)

11) No mais, a última dica que tenho e que eu e meu marido usamos diariamente aqui em casa, é colocar um som de chuva ambiente no quarto que ajuda a relaxar e acaba simulando aquele temporal de mentirinha que a gente quer TANTO que aconteça! Neste site http://www.rainymood.com/ vocês terão acesso a um som de chuva bem autêntico, durante a noite inteira!

É isso, pessoal! Não se esqueçam do protetor solar SEMPRE, e me contem aqui quais são os truques que vocês usam para sobreviver a estes dias quentes e ensolarados!!

Beijos e até a próxima!! =***

Tudo o que você precisa saber sobre manchas na pele, exposição e proteção solar!

Eu sempre falo brincando que quando você acha que tudo está ruim em sua vida, existe uma coisa que sempre ajuda a deixar tudo bem pior: os hormônios.

Observe como que a maioria dos tormentos femininos são, em grande medida, causados, desenvolvidos ou agravados pela ação dos hormônios: celulite, acne, manchas, queda de cabelo, sobrepeso, mau-humor, depressão… e a lista segue por este caminho!

É óbvio que todas nós temos nossa parcela de participação sobre estes tormentos que citei, e acabamos sempre introduzindo um fator desencadeante destes quadros, seja uma má alimentação, o uso de um produto inadequado e, no caso das manchas da pele, a exposição desprotegida e irresponsável ao sol.

Nós, brasileiros, meio que internalizamos o elemento “sol” como um traço celebrável da nossa pátria, cultura e cenário natural, que muito nos orgulha e cai super bem nos cartões-postais, nas fotografias de férias e, principalmente, nos bronzeados e marquinhas de biquíni.

Acaba sendo difícil compreender e aceitar que este mesmo sol que exalta a beleza e autenticidade do Brasil, é o mesmo sol que causa manchas, queimaduras e até mesmo o câncer de pele, responsável por 25% de todos os tumores malignos registrados no país.

E infelizmente, a gente só se atenta para o caráter nocivo do sol, quando algum prejuízo estético nos alcança e nos leva aos consultórios dermatológicos com as principais queixas da mulher adulta: manchas e envelhecimento precoce no rosto e nas mãos.

Elas podem aparecer principalmente na idade fértil e durante a gravidez, em regiões que acumulam melanina como as bochechas, testa e acima dos lábios; e são desencadeadas por inclinação genética (peles mais sensíveis à luz), fatores hormonais e exposição aos raios solares que estimulam ainda mais a produção desta melanina, deixando na pele aquelas manchas escuras e acastanhadas.

Logo, independente do seu quadro ou mesmo que você não tenha qualquer manchinha no seu rosto, esteja atenta aos principais mandamentos do uso da proteção solar e quebre qualquer paradigma que te leve a pensar que se proteger do sol é frescura e um gasto desnecessário de dinheiro. (Quem não gasta com a saúde de maneira proativa, vai acabar gastando mais tarde de maneira reativa, quando contrair algum incômodo ou doença):

– O seu protetor solar deve te proteger contra os raios UVB (que causam danos imediatos, e é inclusive o responsável pelas queimaduras e câncer de pele), e também contra os raios UVA (que causam danos cumulativos, como o eventual aparecimento de manchas, flacidez e rugas na pele).

– Você deve usar protetor solar todos os dias do ano, mesmo em dias nublados e chuvosos. A radiação UVA não tira férias, e está presente em todas as estações.

–  Para máxima proteção, o protetor solar  (FPS mínimo de 30) deve ser reaplicado a cada 3 horas. Se estiver num clube ou praia, por exemplo, onde você pode transpirar ou retirar o produto quando entrar no mar ou piscina, o protetor deve ser reaplicado ainda mais frequentemente, e sempre que retirado com suor, água ou toalha.

– Aplique o protetor sobre todas as áreas descobertas do corpo: face, orelhas, pescoço, colo, braços, mãos, etc; 30 minutos antes de sair de casa ou de se expor ao sol.

– Não existe necessidade de usar óleo bronzeador para se conseguir aquela cor bonita e duradoura. Os óleos bronzeadores não possuem fator de proteção e por isso permitem que o sol queime a cútis,  o que acaba ocasionando a inevitável descamação da pele (efeito cobra, ninguém merece!!).

Se você aplica o protetor solar em todo o corpo, o sol te bronzeará gradualmente ao invés de “queimar” sua pele e deixá-la toda descascando no final das férias.

– Toda proteção, ao rosto principalmente, nunca é demais. Se você puder se sentar à sombra, não tem por que escolher um lugar debaixo do sol quente. Use bonés, chapéus, óculos-de-sol e lembre-se que além dos malefícios à saúde, não há necessidade de se expor diretamente ao sol durante horas para ficar bonita e bronzeada.

TENHO MANCHAS NA PELE, COMO POSSO TRATÁ-LAS?

Primeiramente, é importante reforçar que diferente do que circula pela internet, pomadas hidratantes (ex: Bepantol, Hipoglós, etc) bem como receitas caseiras à base de açúcar e limão, não clareiam manchas da pele.

Estas receitas que insistem em fazer parte da pauta de muitos blogs e sites de beleza, são apenas soluções que hidratam a região afetada, conferindo um melhor aspecto daquela mancha, e a consequente ilusão de que ela clareou.

Quanto ao limão, a menos que você deseje correr o risco de ter uma fitofotomelanose – manchas na pele causada por uma reação alérgica de contato com frutas cítricas e posterior exposição ao sol -, use-o apenas para fazer limonadas, tortas e mousses deliciosos!

Lembre-se que o tratamento inadequado e irresponsável (i.e. sem orientação médica) das manchas da pele, podem ocasionar uma piora significativa das lesões existentes, além de comprometer as regiões saudáveis e livres de hiperpigmentação.

Sendo assim, siga as orientações abaixo caso você deseje tratar suas manchas da pele:

– Assim que você notar o aparecimento de manchas escuras e amarronzadas em qualquer parte do corpo, procure um médico para avaliar a profundidade e o tipo de mancha (manchas de acne, gravidez, envelhecimento, etc), e o tratamento mais eficaz para o seu desaparecimento.

Quanto mais precoce o tratamento, maiores são as chances de ela desaparecer mais rapidamente.

– Como muitos tratamentos para manchas envolvem ácidos e despigmentantes fotossensíveis, que podem ‘manchar’ a pele em contato com o sol/luz, além de causar descamação e irritação da cútis; alguns dermatologistas recomendam o uso destes agentes em épocas mais frias do ano, quando as temperaturas estão mais amenas e nos mantêm longe dos destinos perigosos de alta exposição solar como praias e clubes.

– Dependendo do caso e da predisposição genética, as manchas podem voltar mesmo depois de tratadas. Desta forma, não se dê por completa vitoriosa ao ver a pele clarinha, e lembre-se da máxima proteção ao sol sempre e em todo momento.

– Através de um tratamento prescrito e supervisionado pelo seu médico, as primeiras melhoras já começam a aparecer em aproximadamente dois meses, podendo ser bastante satisfatórias e até definitivas em seis meses.

Desta maneira, não desperdice seu tempo, dinheiro e energia em tratamentos caseiros, sem eficácia comprovada e altamente nocivos para a sua pele.

Procure um especialista e faça o investimento certo com garantias certas 😉

Embora o sol seja nosso amigo e desempenhe papéis importantes no organismo (estimulação da síntese de vitamina D, equilíbrio das taxas de cálcio e fósforo, fortalecimento dos ossos, etc), é importante compreender a sua ação potencialmente nociva à saúde como um todo, em especial à pele. 

Aproveite esta oportunidade para visitar seu dermatologista e tratar qualquer incômodo e desconforto, com o máximo de cuidado e profissionalismo que sua pele merece =)

Assédio sexual no trabalho: algumas sugestões para prevenir e (em alguns casos) remediar.

No auge da minha tenra idade, e praticamente completando 10 anos de mercado de trabalho como empregada e como consultora, digo a vocês que já vi de tudo dentro e fora das empresas. E por mais que de um modo geral, as instituições sustentem com todo zelo e seriedade os seus valores e políticas de conduta; simplesmente algumas pessoas trazem de casa ou da rua seus comportamentos desrespeitosos e, em muitos casos, até chulos.

E infelizmente, nós mulheres somos vítimas de uma cultura nacional que supervaloriza e apela o tempo inteiro para o corpo e para a sexualidade. Quando eu saio de casa, fico à beira de um colapso nervoso quando um homem qualquer na rua me dirige cantadas. QUE COISA MAIS BOÇAL!!! Impossível que um homem não pode ver uma mulher e manter a boca fechada, guardando só pra si suas impressões e sensações!

Maior indignação que esta, é pensar que este comportamento invasivo e constrangedor é retratado nas novelas, propagandas e programas de TV em geral, como um aspecto legítimo da cultura brasileira, motivo de orgulho e  lisongeio para nós, mulheres! Afinal, a culpa não é dos homens, gente!! A culpa é nossa por sermos tão belas e graciosas… Tendeu??

Enfim.rs

Como o ambiente de trabalho é um lugar de reprodução de muitos comportamentos pessoais, estamos o tempo inteiro expostas aos mais variados perigos que podem nos envolver num quadro de assédio sexual. Em poucas palavras, o assédio sexual é este comportamento repetitivo, que constrange e fere a honra e dignidade de uma pessoa. Não vou me aprofundar nos termos legais da coisa, mas vocês podem ler esta cartilha para se informarem melhor http://www.sintfub.org.br/arquivos/publicacoes/Cartilha_AssedioSexual.pdf

E para entrarmos nas sugestões, vamos começar com algumas dicas que previnem e repelem este tipo assediador:

1) CUIDADO COM AS RODAS

Antes de você se envolver com as pessoas, avalie cuidadosamente a pauta e o estilo de conversa que elas introduzem quando estão nas rodas de bate-papo. Se o assunto só gira em torno de sexo, mesmo que em tom de brincadeiras, fuja, corra, suma e não deixe rastros. Se você participa uma vez, além de você comunicar que não se incomoda com o assunto, você abre uma brecha pra ser alvo das piadas e dos comentários, e ver seu nome atrelado a estes termos.

2) SE DÊ AO RESPEITO

Não é minha intenção ofender ninguém e nem adotar um discurso machista, mas não podemos negar que em muitos ambientes, algumas mulheres caem na armadilha do assédio sexual, por suas inúmeras tentativas de auto-afirmação junto ao público masculino da empresa. Vou usar uma linguagem um pouco vulgar para ficar mais claro: algumas mulheres são capazes de tudo para ganharem o troféu de “a mais gostosa” do escritório.

Chegam do fim-de-semana com um relatório detalhado do que fizeram e deixaram de fazer, valorizando a sua máxima atuação sexual com os diferentes homens que “pegou”, etc, etc. Com esta atitude, não espere respeito de ninguém.

3) INTIMIDADE DEMAIS ESTRAGA

Vamos ser realistas: alguns homens simplesmente não sabem lidar com a demasiada simpatia e amizade de uma mulher, principalmente se ela for bonita e atraente. Não converse sobre suas intimidades e evite contatos físicos demais (tipo ficar passando a mão, abraçando, fazendo carícias, etc), sobretudo porque a interpretação que o homem faz de todo este quadro é de que você está pedindo pra ele tomar alguma iniciativa. Da mesma maneira, se você observa que o seu colega de trabalho avança o tempo inteiro e está se achando “o íntimo”, não mande recados e seja muito direta se esquivando claramente das investidas. Se com tudo ele não se tocar, tem que calçar a cara e mandar a real: “Fulano, às vezes você me deixa muito constrangida e desconfortável com esta intimidade toda.” As chances de perder a amizade são enormes, mas….

_____________________________________________________________________________

Agora, como tentar reverter um quadro que já se iniciou e se agrava cada dia mais?

4) A RECÍPROCA NÃO É VERDADEIRA

Gente, ser mulher tem dessas coisas… Às vezes, estamos quietas e concentradas no trabalho, e um filho de Deus resolve CISMAR com a nossa pessoa. Pior ainda é quando a situação é velada: não há verbalização, mas o sujeito vive te cortejando e lançando aqueles olhares maliciosos. Se você é nova na empresa, pode se tratar de uma breve curiosidade que rapidinho passa… daí você espera um tempo até o público masculino se acostumar com a sua presença (observando todos os pontos acima de não se envolver nas conversas de baixo calão e evitar intimidade demais).

Mas se o quadro persiste, você precisa avaliar o preço que terá que pagar para mexer na ferida. Se te incomoda muito, chegando a afetar seu desempenho profissional e até mesmo o sono durante a noite,  a primeira medida a tomar é esclarecer para o colega de trabalho que a recíproca não é verdadeira. Fazendo isto, você elimina a chance de ele estar acreditando que você está tipo “na dele”.

Daí o roteiro da conversa, você já sabe: voz firme, mas sem grosseria, palavras sérias e sem brecha para dupla-interpretação. “Fulano, tenho admiração por você como profissional e te respeito como um colega de trabalho, e por isso gostaria de tomar a liberdade para conversar sobre um assunto delicado. Vejo que você se interessa por mim, e observo seus olhares e cortejos. Se eu estiver errada, me desculpe… só queria deixar claro que não tenho o mesmo interesse, e pedir desculpas se em algum momento eu fiz parecer diferente. Podemos ser somente amigos?”

5) A CADA CANTADA UM BLOQUEIO

A linha que separa a cantada do elogio não é tênue. É um abismo! A mulher SABE quando está sendo elogiada e quando esta sendo cantada. A resposta ao elogio é sempre um discreto e simpático “obrigado”, acompanhado de um sorriso e, se couber, uma retribuição da gentileza. “Oh, Fulano, obrigada! Gentileza a sua! Você também está muito elegante hoje, parabéns!”

A resposta mais adequada à cantada, na minha opinião, é a completa indiferença: sem expressão no rosto, sem palavras, sem nada. O homem também sabe perceber quando a mulher não foi receptiva à cantada, e, infelizmente, a melhor maneira de reforçar essa idéia é deixá-lo sem graça.

6) MAS EU JÁ FIZ DE TUDO

Já conversei com ele, expus com todas as letras que a recíproca não é verdadeira, vivo tratando-o com indiferença, ignorando e rejeitando cada cantada, cada demonstração de intimidade… Ele persiste, e me persegue!

Este é o momento em que você procura o RH da sua empresa, e solicita a política, estatuto ou declaração de valores onde este tipo de conduta é altamente desencorajado e condenado pela empresa. A partir daí, você expõe o seu problema com muita tranquilidade, dando os nomes e testemunhas que já presenciaram o comportamento do dito colega de trabalho.

Cada empresa tem os seus procedimentos, e é natural que o profissional de RH te peça um tempo para tomar as suas medidas, abordar as pessoas envolvidas e, até mesmo, elaborar um seminário para reforçar estas políticas não só para o assediador, mas para todos os colaboradores da empresa.

Mantenha sempre a discrição, evitando comentar sobre o assunto nos intervalos ou nos corredores. Utilize dos canais formais para registrar suas queixas e siga todas as orientações do RH da empresa. Se ainda assim, você se sentir coagida e pressionada pelo assediador, ou se houver qualquer intimidação física da parte dele te forçando, por exemplo, para um carinho, beijo ou até mesmo relações sexuais; acione a polícia e procure um advogado.

Bjs, meninas! Espero que tenha sido útil esta postagem 😉

P.S. Compartilhe esta matéria com suas amigas e colegas de trabalho =)

Guia pós-feriado: Amenizando os exageros, retomando as rotinas de saúde e bem-estar! =)

Ei meninas!! Espero que tenham aproveitado bastante o feriado prolongado! =)

(Até por que ele já acabou e tudo voltou ao seu ritmo normal.rss)

———————————————————————————————————————————

Embora eu não seja nem um pouco fã de carnaval, devo admitir que os dias de folga me caem como uma luva todos os anos. Na maioria das vezes, fico em Belo Horizonte mesmo e aproveito para participar dos churrascos, reuniões e festinhas promovidas pelos amigos e  familiares dos meus dois lados (o meu, e do meu marido… diversão em dobro.rs)

No meu dia-a-dia, minha bebida oficial é a água, como comida direitinho, treino todos os dias… merecia até uma estrela!!  Já nos feriados… eu sou capaz de passar um dia sem tomar um copo de água, me jogando nos refris e nas batidas; comendo pizza no café, no almoço e no jantar (sério.rs), o cabelo não vê uma gota de creme de hidratação e fica só no cloro da piscina, a perna chega a ficar russa porque a preguiça é muito grande pra passar qualquer coisa, um óleo… nada! O meu lado transgressor ataca fortemente… rss

Entretanto, assim que a farra acaba, eu sinto aquela responsabilidade de não só retomar as minhas rotinas de saúde e bem-estar, mas também de incrementá-las para que eu possa em alguma medida compensar pelos dias de completo desleixo, e amenizar as eventuais consequências:  olheiras, inchaço, ressecamentos, gordurinhas, etc…

Por isso, divido com vocês as minhas recomendações:

ÁGUA, ÁGUA, ÁGUA

Fonte de vida! É por ela que eu começo… Antes de tomar café, já encho uma garrafa de 2L (vocês já conhecem este truque), e começo a beber logo pela manhã (na hora de dormir, a garrafa tem que estar seca). A água vai restaurar a hidratação que ficou esquecida durante o feriado, amenizar aquele apetite voraz que permanece na gente depois de dias comendo de tudo e toda hora; e principalmente: desintoxicar um organismo que só viu besteiras  no café, no almoço e no jantar. Entre o suco de caixinha e a água, eu prefiro a água… porque é natural e não tem conservantes e aquele tanto de substâncias químicas.

SAL, FOI UM PRAZER! ATÉ BREVE!

O excesso de sódio acaba influenciando na retenção de líquido, deixando nosso corpo com aquele aspecto inchado (além de, obviamente, contribuir para o desenvolvimento dos quadros de pressão alta). Se a comida já foi devidamente temperada (com alho e sal, por exemplo), não tem por que salgar o prato depois que já está na mesa. Pra que sal na salada? Produtos industrializados, enlatados em geral e tudo o que é muiiiiiiiito delicioso como Ruffles e biscoitos, geralmente oferecem grandes quantidades de sódio. Não precisa  inventar muita moda: tudo o que é natural in, e tudo o que é industrializado out. 

DESLIGA A TV E VAI DORMIR

Como a gente subestima a importância do descanso… é durante o sono que nosso corpo renova a musculatura, reforça a imunidade, além de processar e armazenar o que aprendemos e vivemos durante o dia. Se você tem dormido pouco nos últimos dias, o ideal é ir pra cama mais cedo, ao invés de “repor” o sono deitando tarde e acordando depois do almoço. A despeito de todos os tratamentos para olheiras, o simples ato de dormir pode melhorar bastante o problema… Como sugestão para amenizar o aspecto das olheiras, as rodelas de pepino geladinho ajudam na contração dos vasos sanguíneos da região abaixo dos olhos, suavizando aquela cor escura característica do problema.

SE VOCÊ ABUSOU DO SOL

Ficar ardendo ou descascando é o pior pesadelo pra quem só queria um bronzeado legal e moderado. Infelizmente, mesmo usando alguns truques, a única opção é esperar até que este aspecto camarão passe (45 dias, que é o tempo que a pele leva pra se regenerar) … Hidratar BASTANTE a pele (com óleo de amêndoas, por exemplo) é a recomendação universal nestes casos, ao lado de “não PUXE as pelinhas que estão se soltando”. Muitas pessoas ficam cutucando, criando feridinhas e impedindo que a pele se renove naturalmente, como tem que ser. Atenção redobrada ao rosto! Já ouvi gente recomendando ESFOLIAÇÃO para remover a pele morta que está descascando… Isso pode causar lesões, além de agravar ainda mais aquele aspecto manchado e desigual que já fica no rosto descascado. Seja conservadora: use protetor solar e hidratante. Não invente moda =)

HIDRATE O CABELO

Eu pessoalmente não gosto de ficar a vida inteira com um produto no cabelo, e por isso uso aquelas máscaras de hidratação de 5 minutos. Aplico quando entro no banho, e enquanto estou me ensaboando o vapor vai abrindo as cutículas do cabelo, fazendo com que a máscara penetre nos fios. No final do banho, retiro o produto com um jato de água bem fria pra fechar as cutículas e dar aqueeeeeele brilho =)  A intenção aqui é repor tudo o que foi embora com o sol e cloro… Se você estiver com tempo e dinheiro, uma cauterização completa daquelas que a gente lava e seca o cabelo umas 54 vezes, seria ó-te-ma! O resultado é incrível! 

A MARCA DO BIQUINI

Já faz alguns anos que eu só uso biquini sem alça pra não dar aquela famosa “marquinha” que tantas mulheres sonham em ter quando vão à praia ou ao clube. Eu comecei a perceber que depois que voltava pra casa e para minhas atividades normais, aquela marquinha me incomodava, me enjoava, desbotava… Acho bonito quando estamos ali no clima e no local em que a marquinha tem o seu lugar, mas no trabalho, por exemplo, sempre tem aquela sem noção que chega na quinta-feira pra trabalhar usando uma blusa tomara-que-caia… Com todo respeito, gente… é muito esquisito. No trabalho e nas ocasiões formais, cubra a sua marquinha de biquini, porque sinceramente não combina  =)

Bora cuidar da saúde??

Beijo pro cês, meninas!! =**