VÍDEO: Projeto Verão 2013 – Respondendo dúvidas e perguntas

Olá, minhas queridas!

Em primeiro lugar, devo pedir desculpas por ter demorado tanto para gravar este vídeo respondendo às principais dúvidas e perguntas relacionadas ao “Projeto Verão 2013”.

Na verdade, este vídeo de hoje responde apenas parte das dúvidas mais recorrentes, e, por isso, minha intenção é ir soltando vídeos como este ao longo das semanas para responder aos demais questionamentos que ainda estão pendentes.

Espero que seja útil, e que vocês se sintam à vontade para me deixarem qualquer dúvida que esteja ao meu alcance esclarecer =)

P.S. No próximo episódio da série “Projeto Verão 2013”, vou mostrar pra vocês um treino completo que costumo fazer no meu dia-a-dia, e que vocês poderão aplicar ou adaptar para o nível de vocês \O/

Emagrecer: uma breve reflexão e algumas dicas práticas!

Embora emagrecer não seja exatamente um assunto de destaque na minha atual agenda feminina (pura genética, tá), sinto uma certa obrigação de reservar espaço e importância a esta temática que aflige pelo menos metade da população brasileira, entre crianças e adultos.

Perder peso é um grande desafio, e seu processo deve envolver diferentes variáveis e fatores a serem considerados de maneira sistêmica e integrada, e não isoladamente como proposto por muitas alternativas milagrosas de resultados rápidos e não-sustentáveis.

Diversos estudos a este respeito já foram publicados nos últimos anos, e diversos outros ainda se encontram em andamento para derrubar ou endossar as velhas teorias, e se aproximar cada vez mais da verdade.

Sendo assim, a primeira e mais importante dica para quem deseja emagrecer é procurar ajuda profissional (médicos, nutricionistas e educadores físicos para um tratamento holístico e eficaz) capaz de: 1) diagnosticar a causa e raíz do seu sobrepeso, 2) desenhar um programa de emagrecimento multidisciplinar específico para você e para as suas atuais condições de saúde.

Não se aventure nas receitinhas caseiras, e nem espere tudo dar errado para só então visitar um consultório médico. Lembre-se: Saúde não é brinquedo.

Se você já começa fazendo o que é certo e garantido, maiores serão as chances de você tratar o seu sobrepeso de maneira objetiva e pontual, ao invés de ficar dando voltas nas “dicas de amiga” e receitinhas da internet que queimam seu tempo, seu dinheiro, sua disposição… só não queimam o tecido adiposo que você precisa perder.

Por isso, a segunda dica é se apegar aos fundamentos básicos da alimentação saudável e balanceada, buscando corrigir os desvios dos seus atuais hábitos e vícios alimentares, antes de sair gastando suas economias em cápsulas e shakes emagrecedores.

Dentre vários outros, alguns destes fundamentos são:

1) Diminuir a ingestão calórica/Gastar mais calorias do que se consome. Para isso, não é necessária nenhuma medida drástica ou atroz demais: comece cortando 100 calorias da sua dieta diária, por exemplo, e conjugue este esforço com a prática de exercícios aeróbios que aumentam o gasto energético e auxiliam na queima da gordura corporal.

2) Comer várias vezes ao dia e tirar o organismo da preguiça. Ninguém emagrece deixando de comer. Tudo depende da quantidade a ser ingerida e, principalmente, do alimento a ser ingerido. Uma porção de frutas é bem diferente de uma porção de Doritos.

3) Não banir os carboidratos de maneira indistinta e deliberada. O organismo precisa de uma certa quantidade diária de todos os nutrientes, sem exceção. Principalmente os carboidratos cuja ausência promove a perda de massa magra e não de gordura, como muitas pessoas acreditam. Escolha sempre os carboidratos complexos (de lenta absorção), no lugar dos carboidratos simples como farinha branca e açúcares.

4) Ingerir alimentos que prolongam a sensação de saciedade como é o caso dos alimentos ricos em fibras, que mesmo parecendo calóricos demais numa primeira impressão, acabam tendo efeito compensatório já que  “adiam/enganam” aquela fome voraz que nos leva a beliscar bobagens o dia inteiro. Ou seja, é só fazer as contas e tomar a decisão mais inteligente.

5) Beber água para melhorar a circulação, eliminar as toxinas, evitar o inchaço e retenção de líquidos. Além disso, estudos mostram que beber água antes das refeições auxilia no controle do apetite, fazendo com que você coma menos do que normalmente comeria em circunstâncias normais.

Seguindo estes princípios comprometidamente durante vários meses seguidos (tem que ter consistência), aliados à prática regular de exercícios físicos de alta intensidade que auxiliam na aceleração do metabolismo; com certeza resultados sustentáveis aparecerão sem a  necessidade de dietas radicais ou de procedimentos cirúrgicos/estéticos.

É óbvio que as inclinações genéticas individuais influenciam e muito no processo de emagrecimento da maioria das pessoas, e por isso nada pode ser generalizado ou resumido numa fórmula mágica que se aplique a todos. Entretanto, o que observo é um comportamento viciado de: “se for aos poucos, eu não quero. Prefiro não fazer nada, a ter que esperar meses para perder míseros 5kg”.

Olha… Não subestime o grande poder das pequenas medidas. Se desafie a fazer o básico, o mínimo, e mande embora os kilos a mais que você consentiu que seus maus hábitos te trouxessem. Na dúvida, só há uma maneira de saber: testando e comprovando você mesmo.

Meu desafio pra você hoje é: comece agora, marque o dia e horário, e daqui a um ano volte ao blog pra me contar. =)

Até lá!

PROJETO VERÃO 2013: Episódio 3 / Treino abdominal

Pessoal, voltei com o tão esperado Projeto Verão 2013!!

Neste episódio, vamos exercitar um dos grupos musculares mais importantes do nosso corpo: os músculos abdominais. Eles compõem o centro de gravidade do corpo, mantem a postura ereta e dão sustentação a diversos órgãos internos importantes como por exemplo, o estômago, o fígado e outras partes do trato digestivo e urinário.

Embora seja bastante natural que as pessoas exercitem seus músculos pela motivação estética, lembre-se que, como eu já reforcei várias vezes aqui, os músculos do corpo existem para desempenhar funções específicas e manter o corpo equilibrado e saudável.

Por isso, mesmo que você já seja magra e tenha a famosa “barriga chapada”, não se esqueça de fortalecer e tonificar todos os músculos do seu corpo… afinal, o corpo humano foi originalmente criado para se exercitar constantemente, e não para permanecer sentado ou deitado.rsss

Bom… é isto! Espero que vocês se animem cada vez mais com estes exercícios! Um beijo grande e me conte como tem sido o progresso do seu projeto verão 2013! =****

Três pequenos hábitos alimentares que garantem melhor qualidade de vida!

Vocês que me acompanham há mais tempo, já devem ter percebido que todo o conteúdo do blog é produzido sobre o pilar dos princípios e hábitos, em detrimento das regrinhas e modismos.

Regrinhas e modismos se seguem por imediatismo, são voláteis e superficiais. Princípios e hábitos se desenvolvem com o tempo, duram uma vida inteira e, principalmente, nos levam a pensar e compreender o impacto maior que pequenas escolhas corriqueiras exercem sobre nossa existência como um todo.

A natureza nos oferece gratuita e abundantemente tudo o que precisamos, cabendo a nós o mínimo de interesse e instrução a respeito de seus mecanismos e propriedades. Se não compreendemos as funções vitais do nosso corpo e o seu processo de transformação e aproveitamento de tudo o que entra em contato com ele, como poderemos fundamentar bem nossas decisões de dieta e estilo de vida?

Viver bem não é difícil, gente. Basta apenas um amplo e suficiente fundamento – Muito antes de sermos “seres” sociais que buscam o sucesso e precisam trocar de carro todo ano, somos em primeiro lugar seres naturais que tem um corpo em constante necessidade de nutrição e cuidado.

Sendo assim, qualidade de vida começa sempre com uma reordenação de prioridades. Qualidade de vida começa com o aspecto natural da nossa existência, com o nosso corpo, que quando devidamente nutrido e cuidado, se mostrará apto para desempenhar as demais funções sociais. E não o contrário.

Por isso hoje, quero dividir com vocês alguns princípios e hábitos que venho desenvolvendo nos últimos anos, e que mudaram o meu estilo de vida e modo de pensar o meu corpo!

CAFÉ DA MANHÃ CAPRICHADO – COMECE O DIA BEM

Já na adolescência, quando comecei a trabalhar fora, sair de casa às 7h00 em completo jejum, nem era mais novidade. Chegava no trabalho, tomava o famoso cafezinho puro, e só fazia a primeira refeição completa do dia na hora do almoço, por volta das 12h00.

E assim como eu naquela época, vejo que muitas pessoas acordam sem muito apetite, e acabam pulando a principal e mais importante refeição do dia.

Neste momento, devemos confiar no que sabemos e não no que estamos sentindo. É como eu disse nos parágrafos acima: precisamos entender o funcionamento do nosso corpo para tomarmos as decisões certas!

Mesmo sem fome, lembre-se que seu corpo está há pelo menos oito horas sem receber qualquer nutriente, e que para começar a desempenhar suas funções básicas, ele precisará tirar energia de algum lugar!

Por isso, atualmente, tenho me vigiado para tomar um café da manhã rico e completo (carboidratos, proteínas, vitaminas, etc) mesmo estando sem muito apetite.

Geralmente, eu começo o dia com uma garrafinha de água e uma fruta fresca. Na maioria das vezes, escolho a banana para garantir o bom humor#serotonina. Daí como duas torradas de pão integral com duas fatias de queijo branco, um ovo mexido e uma xícara de chá ou café. No meio da manhã, eu costumo tomar um iogurte.

Já foi inclusive comprovado por meio de estudos, que os indivíduos que não pulam a primeira refeição do dia, apresentam muito mais facilidade para controlar o peso e permanecer em forma. Ademais, ao não se alimentar pela manhã, muito provavelmente você comerá mais e de maneira errada na hora do almoço.

PREFIRA ALIMENTOS CRUS E COM CASCA – MAIOR E MELHOR APROVEITAMENTO

Como eu disse no início do post, a natureza nos oferece tudo o que precisamos em quantidades, formas, texturas e cores abundantes! Por isso, não devemos desprezar a importância de consumirmos determinados alimentos em sua forma bruta e original: crus e com casca. (Como disse uma médica cujo nome me fugiu agora: “na natureza não tem nem fogão nem faca!!”)

Os processos de cozimento podem alterar as propriedades naturais dos alimentos, fazendo-os perder nutrientes importantes para o nosso organismo, em até 80% (afirmam alguns cientistas). Já a casca dos alimentos pode concentrar grande quantidade de fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes, que ajudam inclusive no combate de doenças e do envelhecimento precoce!

Este hábito é uma  “bobagem de grande impacto”, mas que cai no esquecimento da maioria das pessoas. Às vezes, quando vejo alguém descascando uma maçã perto de mim, minha língua coça na hora pra perguntar se ela vai ou não comer a casca!

E se o motivo da remoção da casca é a realização de uma receita específica, eu pego a casca na cara de pau, lavo e como separadamente!! Gente, está ali! Uma fonte rica e completa de nutrientes, DE GRAÇA! Isto não pode ir para o lixo! Eu sou o próprio pac-man, saio devorando estas coisinhas! rsss

PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS SEMPRE COM MODERAÇÃO

Viver bem pode até não custar muito dinheiro, mas com certeza custa muito tempo e energia. Lavar, descascar, picar e preparar os alimentos toma muito mais tempo do que a maioria das pessoas tem disponível.

Para grande parte dos casos, a resposta mais fácil e acessível a todos é o consumo de alimentos prontos ou semi-prontos, que basta a gente jogar dentro do microondas de olhos fechados, sentar e comer em menos de 10 minutos.

E  para mudar este hábito, a gente precisa tirar as crianças da sala e desligar a TV. Porque no horário matinal de desenhos animados e programas infantis, não tem UMA inserção que incentive a criança a comer uma fruta, um legume ou uma verdura.

Mas propaganda pra dizer que TANG faz bem pra saúde, que biscoito recheado tem cálcio e que chips é a melhor opção de lanche para a escola… isto tem aos montes!!

E o que mais me dá nos nervos é o famoso slogan “o melhor da fruta você encontra no suco da marca tal”!

Minha gente!! Isto é usurpação!! O melhor da fruta a gente encontra na própria fruta!!! O melhor da laranja está na laranja e não numa caixa na gôndola do supermercado!!

Eu sei, é lógico que a gente precisa fazer concessões, porque a vida está corrida pra todo lado e pra todo mundo… Mas, como diria Paulo, “no que depender de vós”, tentem restringir ao máximo a entrada destes produtos no seu lar!

Atenção redobrada aos produtos diet e light! As versões diet, por exemplo, excluem o açúcar da composição daquele determinado alimento, mas, em contrapartida, fazem substituições com adoçantes químicos, entre outros agentes artificias (nocivos à saúde a longo prazo) que tentam compensar seu sabor e textura original.

Por isso, não permita que os rótulos ou propagandas pensem por você! Leia as informações nutricionais, seja crítico e, se o que você leu não te agradou, não leve! Ninguém morre por falta de alimento industrializado! rsss

Mudando um hábito aqui e outro ali, você adiciona mais dias de qualidade não só à sua vida, mas à vida de toda a sua família =)

Comece aos poucos, mas comece…

Projeto Verão 2013 Episódio 2: Treino de pernas e glúteos

Olá, meninas!

Retomamos hoje nosso projeto verão 2013 com o segundo episódio! Nossa média será de um episódio por mês =)

Desta vez, vou dividir com vocês três exercícios que faço em casa mesmo para manter as pernas e o bumbum bem fortes e definidos =)

Notem que no terceiro exercício, adicionei 20kg para aumentar o grau de dificuldade e o desafio das séries.

Mas se você não dispõe de um equipamento ou aparelho para fazer este papel, você pode perfeitamente encher uma malinha com mantimentos da cozinha mesmo e construir o seu próprio “peso” na hora de treinar.

Agora não tem desculpas, né?? 😀

Divirtam-se e preparem o corpo e a mente para esbanjarem saúde e beleza durante todo o ano!

Um beijo grande e até breve!!! =***

Já parou pra pensar que o furo da sua alimentação pode ser as bebidas que você ingere?

Nós as vezes nos julgamos tão inteligentes e espertas por escolhermos um refrigerante diet junto com aquele pedido de pizza calabresa gigante, tamanho família-colossal-turbo-plus-size-extra-cheese, né?!? (Eu amo :D)

(E pra mim, não há hipocrisia alguma nesta escolha, já que em se tratando de uma refeição mega calórica, é legítimo usarmos estratégias aqui e ali para diminuirmos o estrago aonde der 😀 )

Bom, a verdade é que passamos o dia vivendo situações que demandam escolhas rápidas e práticas – que por parecerem tão automáticas e banais – nem sempre nos dão margem ou prazo para pensarmos sobre elas um pouquinho melhor.

E as escolhas relacionadas à dieta e alimentação acontecem a todo vapor, a cada minuto em que comemos e bebemos qualquer coisa, desde a balinha do intervalo, até o santo cafezinho que não pode faltar depois do almoço. (Eu amo2 :D)

Por isso, já faz alguns meses que minha resposta calculada para cada uma destas demandas se resume em uma única e suficiente palavra: água.

Porque se você parar para analisar, estamos proporcionando ao nosso organismo uma bebida 100% natural, essencial à nossa saúde e, sobretudo, inofensiva em termos calóricos – ou seja, sua bebida não acrescentará calorias desnecessárias à sua refeição que já está completa em nutrientes e energia.

Nosso organismo não precisa e nem se beneficia das substâncias encontradas no refrigerante, ou no refresco, ou no suco de caixinha, ou no “chá” gelado de latinha. Mesmo os sucos ditos “naturais” vendidos em bares e restaurantes, são preparados a partir do nectar/polpa da fruta, com adição de açúcares e pouco aproveitamento da fruta em si (não passa de 30%).

Na maioria das vezes, como acontece com os famosos “sucos” de caixinha, estamos ingerindo conservantes, aromatizantes, corantes e açúcares, no lugar de todos os maravilhosos benefícios naturais da fruta que, a propósito, se aproveitariam muito mais se escolhêssemos consumir a fruta da feira, ao invés do tal “suco”.

O que noto é que infelizmente, comer fora de casa pode ser um mal silencioso, se não encontramos a força necessária para dizermos um “não” bem grande àquela vitamina deliciosa da esquina que, por motivos desconhecidos,  é preparada com açúcar refinado, como se o açúcar natural das frutas, do leite e de todos aqueles grânulos presentes na vitamina, já não fosse no mínimo suficiente.

Por isso, no meu dia-a-dia, minhas escolhas giram somente em torno da água e do chá de ervas, puro e sem açúcar. A regra é clara: se for industrializado, tô fora. Aos finais de semana, me permito várias concessões como um refrigerante (que não seja light, please), ou um café adoçado com açúcar cristal que eu amo, batidas e sucos que são algumas das delícias que eu aprecio bastante.

E eu sei que à primeira vista minhas escolhas podem parecer um tanto desafiadoras e radicais. Mas ao final do dia, o que conta é uma soma de escolhas pequenininhas, que juntas fazem toda a diferença, e dão a sensação de um organismo limpo, e de um paladar que se re-educa diariamente para ser mais seletivo e esperto.

Após certo período vivendo estas escolhas, a gente passa a desenvolver uma certa intolerância a quantidades exageradas de determinados elementos alimentícios, seja o óleo de cozinha, o açúcar ou o sal. O paladar simplesmente muda e pede uma dieta mais limpa e equilibrada.

Pelo menos pra mim, o desafio maior tem sido o café… ele que antes me acompanhava durante todo o meu dia, agora só é consumido aos finais de semana. Nos primeiros dias, a saudade era tanta que até dor de cabeça eu senti. 🙂 Mas já estou me acostumando e vejo que este pretinho não me faz falta nenhuma.

E pra você? Qual tem sido a bebida que mais tem te feito tropeçar? Bom, espero que depois deste bate-papo, possamos prestar mais atenção ao nosso poder de decidir a todo tempo o que é melhor pra nós e pra nossa saúde!

Um beijo grande pra você e até breve! =***

Você tem dificuldade para dormir? Algumas idéias e dicas alternativas ;)

De todas as inúmeras lembranças que guardo dos meus áureos anos de faculdade, não há nada que eu me recorde mais vividamente do que o amor, a estima e até mesmo a ambição que eu cultivava pelo ato de dormir.

O sono pra mim era como um patrimônio sagrado e imensurável. Praticamente uma espécie de tesouro, o primeiro da lista de tudo o que eu poderia desejar numa época em que minha jornada diária começava às 6h00 da manhã, e se encerrava às 0h00.

E até os dias atuais, dormir é um dos meus maiores prazeres, a qualquer hora do dia… Porque eu sou daquele tipo que não gosta de acordar cedo, dorme depois do almoço (quando dá, é claro), e não tem problema algum para pegar no sono de noite, ou voltar a dormir no meio da madrugada.

Chega a ser engraçado, porque, pelo que venho lendo, pessoas como eu fazem parte de um grupo privilegiado que deitam a cabeça no travesseiro e atravessam a noite inteira no sono mais sincero e profundo. Ao que parece, não é de hoje que os problemas relacionados ao sono estão cada vez mais manifestos nas diferentes fases da vida, impedindo que as pessoas vivam seus dias com saúde e qualidade.

As causas clínicas são diversas, e não é a pretensão deste post discorrê-las aqui. Um médico sempre deve ser consultado para uma investigação acurada e tratamento específico para o seu caso. 

O que trago hoje são alguns exercícios e técnicas que faço quando a título de exceção encontro dificuldades para dormir, e que podem ser úteis para alguém que viva esta dificuldade com maior frequência. Reforço também que eu pessoalmente acredito que uma noite bem dormida não é um evento isolado, e sim o resultado de um estilo de vida saudável e consciente.

Se nos alimentamos bem e praticamos exercícios regularmente, já percorremos metade do caminho =)

Aí vão as dicas:

1) Não subestime a importância do sono. Ele tem funções vitais de crescimento, regeneração física e mental, liberação de hormônios específicos, etc. Se estamos conscientes disso, fica mais fácil tratarmos o sono sem negligência e com atenção prioritária.

2) Eu pessoalmente gosto de ir pra cama somente quando estou com sono. Todavia, quando preciso ir me deitar antes de este sono chegar (estou dormindo na casa de alguém, ou preciso levantar cedo no dia seguinte), pego um livro e levo pra cama. Leio duas páginas e começo a pingar de sono… chego a ficar com raiva, porque a situação se inverte, e acabo querendo continuar a leitura, mas o sono não deixa!! rs

3) A responsável por 90% das vezes em que tenho dificuldades para dormir é a ansiedade. Uma expectativa, um pensamento que não sai da minha cabeça, um acontecimento do dia seguinte, e por aí vai. Fico agitada e minha mente simplesmente não me deixa dormir…

Para evitar estas situações, logo quando chego na cama, deito de barriga pra cima e com os olhos fechados, começo a respirar mais devagar e sigo esta técnica de relaxamento com uma oração onde entrego a Deus tudo o que me impede de descansar e ter paz. Desta maneira, acabo me desligando do ambiente exterior e eliminando a agitação que não me deixa dormir.

Este exercício é tão eficiente pra mim, que mesmo quando estou sem sono, acabo apagando em 20 minutos.

4) Se estou tentando pegar no sono, mas não consigo parar de pensar e me preocupar com as milhares de coisas que preciso fazer no dia seguinte, eu simplesmente levanto da cama e faço uma lista destas tarefas. É como se eu as estivesse transferindo da minha mente para o papel, assegurando de que não me esquecerei de executá-las no tempo certo.

5) Conforto pra mim é tudo na hora de dormir. Não durmo com fome, com sede, com calor, com dor ou qualquer incômodo  que me impeça de relaxar completamente. Antes de ir pra cama, eu resolvo todos os incômodos com comida, água, remédio, inalador, ventilador… !!

6) Algo a se observar também é a qualidade do seu colchão e travesseiro… Aquela dificuldade de achar uma posição, ou as dores no pescoço e costas pela manhã, podem ser um lembrete de que é hora de comprar colchão e travesseiros novos.

7) Embora este não seja o meu caso, muitas pessoas tem sono leve e só conseguem dormir num ambiente criteriosamente preparado: luz apagada, sem nenhum feixe de luz, sem ruídos, sem interrupções, etc… Infelizmente, este cenário pode não estar sob seu completo controle, uma vez que muito provavelmente seus vizinhos não sabem da sua dificuldade em dormir. Por isso, um bom investimento são os protetores/tampões de ouvido e as máscaras/tapa-olhos que você pode adquirir inclusive online por preços bem acessíveis.

São dispositivos que você poderá carregar com você em viagens ou quando for dormir fora de casa.

Enfim! Dormir é muito bom, gente!! Espero ter ajudado de alguma forma! Bom sonhos pra vocês e até a próxima! =**

Projeto Verão 2013 Episódio 1: Treino de Braço

LINK PARA O VÍDEO NO YOUTUBE http://www.youtube.com/watch?v=UBPE5AFstSY

Olá, meninas!

Como a maioria de vocês já sabe, desde setembro do ano passado venho treinando em casa conforme expliquei neste post do dia 4 de Fevereiro https://dianasaid.com/2012/02/04/vlog-pergunte-para-diana-said-que-historia-e-esta-de-malhar-em-casa/. (Os resultados pra mim são cada vez mais surpreendentes tanto física quanto esteticamente, e por isso me sinto ainda mais motivada a seguir com as rotinas de exercícios =)

Minha proposta pra vocês hoje é nos anteciparmos àquela época do ano em que todos querem estar em forma para usarem lindos trajes de banho; começando hoje mesmo no auge do outono, uma disciplina de treino em casa ou na academia.

O primeiro episódio desta proposta traz uma sugestão de treino de braço, com o objetivo não de ensinar a execução do mesmo, mas de testemunhar como é possível alcançar resultados reais com poucos recursos em casa, e com muita motivação e boa vontade.

Ainda não tenho certeza de quantos episódios teremos, mas com certeza chegaremos não só ao verão, mas em todas as estações do ano super saudáveis e em forma =D

Afaste os móveis e não deixe pra amanhã o que se pode começar hoje mesmo, right?

Um grande beijo e espero que gostem 😀

P.S. 1. Reforçando que você deve sempre buscar apoio e orientação profissional antes de iniciar qualquer rotina de exercícios. 

Banana e maçã: Sua mãe também mandava de lanche pra escola?

Quando eu era criança, meu sonho era comer porcaria. Mas minha mãe era muito hardcore e nem suco artificial de pozinho ela fazia lá em casa! Um dia, a título de exceção, ela fez um chup-chup de grosélia, e eu não podia desejar outra coisa na vida, além daquele banquete industrializado que deixou minha boca toda vermelha e dormente (por causa do gelo.rs)!

Não sei o que é tomar um refrigerante ou comer um chips na hora do recreio. Dona Cida comprou garrafinha térmica para armazenar o suco NATURAL de fruta que ela  mesma fazia e mandava na lancheira, ao lado das indispensáveis peças de banana e maçã =)

E quando eu penso hoje, vejo como nossas mães estavam certinhas! Porque o que na época poderia ser uma tentativa de economia ou um hábito involuntário, é atualmente um dos grandes segredos da saúde, beleza e boa-forma.

Sim, o consumo de uma banana e uma maçã todos os dias traz benefícios estupendos ao nosso corpo e mente, sem que necessariamente precisemos nos desdobrar para cumprir aquele monte de rituais e dietas mirabolantes que saem todos os dias nos veículos de comunicação.

Estamos falando de duas frutas financeiramente acessíveis, fáceis de encontrar em qualquer canto do Brasil, e que estão nos expositores das feiras simplesmente o ano inteiro.

A banana é uma bomba de energia, e uma explosão de nutrientes:  rica em fibras, triptofano, fósforo, vitaminas A, C, B1, B2 e B6,  potássio, magnésio e cálcio. Trocando em miúdos, quando você come uma banana, você se sente alimentado e saciado por mais tempo, o que te previne de ficar beliscando besteiras o dia inteiro; o triptofano previne a depressão e auxilia na produção de serotonina, responsável pelo bem-estar; o potássio vai ajudar na regularização da sua pressão arterial; e a lista de benefícios só vai crescendo.

Não precisa desmaiar com a quantidade de calorias da banana, porque os açúcares que ela oferece são naturais, e ao mesmo tempo, a quantidade de fibras que você ingere auxilia na prevenção do armazenamento de gorduras no seu corpo. Ou seja, a fruta é equilibrada =)

E para equilibrar ainda mais, temos a maçã que ao contrário da banana, apresenta um baixo teor calórico. Agora lembrem-se: maçã se consome com casca! Mesmo que você a descasque para seguir a orientação de uma receita, por exemplo, dê um jeito de comer a casca separada em algum momento, escondida num canto da cozinha, talvez…rsss

Muitos estudos recentes mostram a eficácia dos nutrientes encontrados na maçã no combate aos diferentes tipos de câncer, e no controle e redução do colesterol “ruim”, o LDL.

Além disso, a maçã tem ação antioxidante, auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares, e nos fornece metade de toda a vitamina C que precisamos ao longo do dia. (100g de maçã fresca pode ser mais benéfico que um comprimido de 1500mg de vitamina C. Os antioxidantes naturais presentes na maçã fresca seriam mais eficazes do que aqueles encontrados em suplementos dietéticos. Fonte: Universidade de Cornell, publicado na Revista Nature).

Eu sempre digo aqui em casa que as frutas estão naquela categoria da criação, em que Deus desenha algo muito meticulosamente, para o exclusivo deleite do homem… Chega a ser impressionante pensar que um alimento pode ser encontrado na natureza prontinho para o nosso consumo, recheado de benefícios para a nossa saúde, e com um sabor simplesmente sublime e delicioso.

Cuide da sua saúde com a simplicidade da infância, sem inventar moda, e crie um patrimônio para a vida inteira =)

Dicas psicológicas para driblar o frio e a preguiça na hora de malhar em casa!

UMA PEQUENA INTRODUÇÃO SOBRE O MEU DIA

Olá, minhas queridas! Espero que estejam todas ótimas, felizes e de bem com a vida! =)

Acredito que em 7 meses de treino em casa, hoje tenha sido o primeiro dia em que me senti desmotivada para treinar por conta do frio (ou seja, já me senti desmotivada por vááááários motivos, mas pelo frio foi a primeira vez! rssss)

Pra começar, me bateu aquela preguiça colossal só de pensar em trocar de roupa… (Eu malho de shorts e top, porque bem no meio do treino, no auge do esforço e concentração, a última coisa de que preciso é sentir o desconforto do calor.)  

Daí parei nesta preguiça de trocar de roupa, e pensei em pular o treino de hoje porque meu moletom estava muito quentinho e aconchegante pra ser arrancado de mim assim tão bruscamente =D

Mas daí parei novamente – porém neste pensamento tentador de dar uma de joão-sem-braço e fingir que não é comigo -, quando compreendi o cenário ao meu redor e clamei em alta voz: Sê forte e corajoso. Tão somente esforça-te e tenha coragem!  (Foi o que Deus disse a Josué diante do Jordão, e o que me caiu como uma carapuça. rsss)

_____________________________________________________________________________________________

A REFLEXÃO QUE PRECISAMOS FAZER

Parece uma bobagem, mas naquele momento eu precisava tomar uma decisão que impactaria não só o dia de hoje isoladamente, mas todos os outros dias subsequentes… Porque o poder que temos sobre nós mesmos para fazer ou deixar de fazer as coisas na vida, nos corrompe num piscar de olhos.

Hoje é o frio, amanhã é o cansaço, depois de amanhã é a agenda apertada, e na semana que vem você já nem precisa mais de um motivo para deixar de fazer aquela coisa. Se a gente ao menos se esforçasse  para fazer a tal coisa, o mesmo tanto que a gente se esforça para se persuadir e convencer a não fazer a tal coisa… #coisa

O difícil do treino não é o esforço físico ou o suor pingando, e sim o controle da mente. Subjugue a mente e todo o corpo obedece na hora.

Nisto eu preciso abrir um espaço para honrar o meu pai por seus métodos tão simples e eficazes. Lá em casa, não tinha essa de “ai, não tô com fome, não quero comer”. E ele não precisava ser nenhum  boçal para engrossar a voz ou empurrar a comida goela abaixo, porque uma só coisa era certa: durante o dia, quando eventualmente a fome batesse, aquela mesma comida que recusamos no almoço ainda estaria no prato, fria, dentro do forno, esperando para ser consumida.

A questão aqui é essa: o que tem que ser feito, será feito, não importa como ou em quanto tempo.

Se eu não treinasse no meio da tarde como de costume, com certeza de noite meu prato de comida fria ainda estaria no forno me esperando. E a regra é clara: eu não posso ir pra cama enquanto não raspar o prato.

Eu sei que procrastinar nunca é a melhor solução ou resposta adequada pra nada na vida; mas se é dela que você precisa pra fazer alguma coisa, ao invés de ceder aos primeiros sinais de preguiça, então procrastine!!

Porque da hora em que eu decidi que ia treinar, até a hora que eu liguei o timer e comecei de fato a treinar, foram mais de duas horas. Depois que tomei coragem pra trocar de roupa, comecei a inventar um monte de ‘coisinhas’ pra fazer antes do treino (responder e-mail, fazer ligações, assistir vídeos, etc…)

Mas o mais importante de tudo eu consegui fazer: eu venci minha vontade hoje, e não permiti que ela crescesse e contaminasse os próximos dias da semana e do ano inteiro. Dei uma bela d’uma machadada na raíz do problema, porque o difícil é resistir à primeira tentação. (resista ao diabo e ele fugirá de vós! Tiago 4:7)

A época fria do ano só começou, e hoje não será o último dia em que terei que treinar debaixo de frio. E se eu quiser potencializar e manter os resultados reais e visíveis que conquistei nestes últimos sete meses de treino em casa, é melhor que eu me acostume. =D

Bom treino, meninas! =**