Bate-papo sobre acne, alimentação e resenhas do Vitacid Acne e Adapaleno DerivaMicro (fotos antes-e-depois)

Ei, meninas!

Cá estamos nós outra vez, para retomarmos o bate-papo sobre acne que teve início na semana passada, com o vlog DICAS E PRINCÍPIOS SUPREMOS A SEREM OBSERVADOS DURANTE O TRATAMENTO DA ACNE.

Sei que vocês estão na expectativa para os próximos vídeos do Upgrade de Imagem e Projeto Verão 2013 😀 mas antes de atualizar estas tags, quis dar um intervalo para conversarmos sobre este tema que aflige grande parte da minha audiência (homens e mulheres). Na semana que vem, voltamos a todo vapor com nosso Upgrade de Imagem e Projeto Verão 2013!!! Yay!!!

Neste vídeo eu falo um pouco sobre a influência da alimentação na piora do quadro da acne, e faço também uma breve resenha do Vitacid e do Adapaleno (DerivaMicro) que experimentei nos últimos seis meses (o que são, ação dos medicamentos, resultados, fotos antes-e-depois, etc).

Espero que sejam úteis as informações, e que vocês possam compreender um pouco melhor esta condição para saber como lidar com ela sem desespero. =)

Beijo grande e até a próxima!

P.S.IMPORTANTE: Muitos dados citados neste vídeo foram colhidos de estudos científicos ainda não conclusivos. Por isso, não tome decisões precipitadas baseadas em especulações e pesquisas que ainda se encontram em andamento. Não use nenhum medicamento sem a orientação do seu médico.

Anúncios

Dicas e princípios supremos a serem observados durante o tratamento da acne

Olá, pessoal!

Hoje passei o dia filmando vídeos relacionados à acne! Além de eu mesma ter sofrido com ela nos últimos meses, tenho recebido muitas mensagens e comentários de leitoras (e leitores também!!rss) que pedem alguma ajuda ou informação a respeito de tratamentos, reações e etc.

Filmei a resenha do Vitacid Acne e do Adapaleno (Deriva Micro) explicando o que são estes medicamentos, como agem, e quais resultados pude observar durante o meu tratamento com cada um individualmente; e  fiz também um vlog para falarmos sobre a influência da dieta e alimentação na piora do quadro da acne =)

Então, para começarmos o aquecimento deste longo e profundo  bate-papo (rá! Vocês já me conhecem, né!rss) quero deixar para vocês, minhas companheiras e companheiros, uma espécie de “Estatuto do Paciente com Acne”, com dicas e princípios que se aplicam a todos nós que passamos alguma fase da vida lutando contra elas, que nos irritam tão profundamente: as espinhas.

Espero que seja útil e inspirador de alguma forma, e que possamos juntos vencermos  esta luta!! Um beijo carinhoso em todas (e todos) vocês! =***

Cinco hábitos noturnos fundamentais para quem tem pele oleosa com tendência à acne.

Olá meninas!

Desde que publiquei aquele vídeo mostrando minha rotina de cuidados com a pele, andei recebendo muitas solicitações para esticar as dicas um pouco mais e dividir outras rotinas básicas sobre o assunto.

E como já é do conhecimento de vocês que há algum tempo eu iniciei um processo de “auto-aceitação”, resolvi trazer hoje uma abordagem diferente a respeito do que  normalmente fazemos para cuidar da nossa pele. Dentre outros aspectos, meu processo de auto-aceitação envolve principalmente conviver com o fato de que minha pele será oleosa e acne prone até os últimos dias da minha vida, e por isso, mais do que produtos e procedimentos estéticos, é necessário que eu desenvolva HÁBITOS.

Os hábitos são aqueles pequenos princípios fundamentais que a gente acha desnecessário observar e fazer (porque são pequenos), mas que quando deixamos de fazer, eles se juntam numa bola de neve e acabam agravando ainda mais um quadro que naturalmente já não é bom.

Através destes hábitos, desenvolvo auto-conhecimento e passo a compreender melhor e interferir sobre o que tem influência direta no aspecto da minha pele. Eu assumo o controle.

Sei que muitas rotinas de cuidados envolvem primariamente o uso de produtos e receitas… mas este vídeo mostra os hábitos que observo zelosamente todas as noites antes de dormir, e que correspondem à 70% de tudo o que faço para cuidar da saúde e aparência oleosa/acne prone que minha pele tem.

Espero que seja útil, e que vocês se sintam inspiradas a mudar pequenas coisinhas que juntas impactam, e muito, no resultado final da sua imagem!

Um grande beijo e até a próxima!! =***

 

Tensão pré-menstrual (TPM): Meu plano de ação para lidar com ela.

Ao lado do primeiro beijo, acredito que a primeira menstruação seja um dos maiores acontecimentos na vida de uma menina. Tudo o que mais poderíamos desejar nos anos dourados da pré-adolescência, era viver a emoção de chegarmos na escola e contar pra todas as nossas colegas que já éramos mocinhas 😀

No meu caso, esta emoção durou muito pouco, talvez uns dois dias, até que a primeira cólica me acometesse bem no meio da noite. Passaram-se os anos, e os sintomas da TPM eram cada vez mais variados e evidentes. Em alguns meses, as alterações físicas e de humor eram tão agudas, que eu mesma me estranhava e desconhecia completamente aquela “pessoa”.

Outros anos se passaram, e tudo veio a  melhorar bastante depois que me casei e passei a fazer uso regular da pílula anticoncepcional. Os anticoncepcionais mais modernos possuem a substância conhecida como drospirenona que auxilia no alívio dos sintomas característicos da tensão pré-menstrual como a retenção de líquido, irritabilidade e cólicas.

Atualmente, mesmo observando uma queda brusca nos níveis de desconforto causados pela TPM, ainda sinto com muito vigor três daqueles principais sintomas que todo mundo já conhece e “reconhece” numa mulher em seus dias: irritabilidade, distúrbios de apetite e pele oleosa/acne. (Não fosse por estes três sintomas, eu passaria ilesa por este período sem sequer notar qualquer diferença.) 

E foi observando todo o incômodo que estes sintomas vem me causando nos últimos meses, que resolvi criar um plano de ação para aprender a lidar com cada um deles sem grandes traumas e marcas. Divido com vocês meu PAPLCATPM (Plano de Ação Para Lidar com a TPM). (pode rir…rsss)

AVISO AOS NAVEGANTES

Até muito pouco tempo, eu não entendia o que acontecia comigo durante praticamente duas semanas do mês. A alienação era tão grande, que eu simplesmente não conseguia associar aqueles sintomas com a TPM… acreditava que de fato eu precisava procurar um médico, porque coisas estranhas estavam acontecendo comigo.

Então a primeira dica aqui é uma  bobagem, mas que faz toda a diferença: marque no calendário o dia em que os sintomas aparecem e desaparecem no mês. No primeiro mês você vai observar, para fazer um cálculo aproximado dos meses seguintes.

Por exemplo, este mês, meus sintomas apareceram dia 15, e começaram a ir embora ontem, dia 27. Meu sintomas sempre vão embora antes de a menstruação propriamente chegar.

Ao fazer este cálculo, você ganha vantagem e pode se preparar (e avisar às pessoas que convivem com você.rsss) ao invés de ser pega de surpresa 😀

UMA COISA PUXA A OUTRA

O primeiro sintoma que prenuncia a minha TPM são as benditas espinhas. Minha pele fica muito oleosa e aparecem aquelas pústulas pequenas na testa (uma colôniaaaaa), e próximo ao nariz. Se eu não tenho a plena consciência de que se trata de uma fase do mês, e que depois minha pele voltará ao normal naturalmente, eu começo a surtar achando que o quadro de acne grave que tive no passado está ressurgindo.

E ao pensar isso, eu fico MUITO irritada e frustrada. E esta irritação e frustração rapidamente se transformam numa profunda tristeza e desconsolo. E esta tristeza e desconsolo são recompensadas com muita comida. E por achar que estou comendo demais, quando me olho no espelho, me acho muito gorda. E ao me olhar no espelho, eu vejo que as espinhas ainda estão lá. E aí eu me sinto MUITO irritada e frustrada, etc, etc, etc (o ciclo se inicia novamente).

Vejam só: tudo o que descrevi acima são sintomas característicos da TPM (que sem precedentes aparecem, e sem precedentes vão embora)… mas que por falta de conhecimento, podem ser encarados como problemas reais da vida.

E se nós os encaramos como problemas reais da vida, nossa resposta a eles é uma entrega total à depressão e tristeza. A gente espreme o rosto inteiro, toma decisões impensadas, etc. Mas se os encaramos como sintomas passageiros, nossa resposta é estratégica e consciente.

ESPELHO, VAMOS DAR UM TEMPO

Gente, não ri, é sério. Estudos recentes mostram que as mulheres que se olham menos no espelho, são mais felizes e bem resolvidas consigo mesmas. No auge do meu desespero, eu fico me olhando no espelho a cada 10 minutos (literais), na esperança de que a minha aparência vai repentinamente mudar e melhorar. Fico alimentando ainda mais o ciclo e perdendo totalmente o controle sobre mim e minhas emoções. Uma estratégia que eu uso pra não desencadear o ciclo degradante que citei acima, é cortar o mal pela raíz, de onde todos os outros sintomas da TPM se agravam mais ainda.

ANTES, DURANTE E DEPOIS DA TPM, VOCÊ É O QUE VOCÊ COME

Já li muitos artigos sugerindo a ingestão de alimentos específicos durante a TPM para a amenizar os principais sintomas conhecidos. Entretanto, estudos recentes mostram que a incidência destes sintomas pode ser significativamente menor dentre o grupo de mulheres que consomem estes alimentos regularmente (já há alguns anos) e não somente durante o período de desconforto.

Guardem estes nomes: Cálcio, magnésio e vitamina B6. Quando estes nutrientes estão em falta em nosso organismo, é natural que fiquemos taradas por chocolate, muito irritadas e depressivas. Durante todo o mês, se esforce para incluir ricas fontes destes nutrientes à sua dieta, como derivados do leite, salmão, grãos integrais, banana, batata, abacaxi, verduras, folhas e muita água para diminuir a retenção de líquidos, e a sensação de inchaço.

Estes alimentos também ajudam a atenuar a severidade das cólicas menstruais, cujas causas devem ser cuidadosamente investigadas junto a um ginecologista, quando analgésicos e anti-inflamatórios já não dão mais conta do recado.

Evite: álcool, cafeína e sal, de preferência a vida inteira e não só durante a TPM.rsss

CONSIDERAÇÕES FINAIS

No meu caso, eu já aceitei o fato de que metade do meu mês está comprometido pela TPM e pela própria menstruação em si (mulher sofre, gente). E por isso, estando ao meu alcance e dentro das minhas possibilidades, eu sempre dou preferência para realizar compromissos importantes e de peso, na ouuuuutra metade do mês quando estou me sentindo ótima, linda e alto-astral: festas, reuniões, fotografias, encontros, etc.

  • Principalmente no caso da irritabilidade, acho também muito importante avisarmos às pessoas mais chegadas com quem convivemos em casa, na escola e no trabalho; para que uma resposta atravessada não venha a se tornar motivo de mágoa ou discussão. Chá de camomila antes de dormir e suco de maracujá também ajudam a acalmar.

Todavia, tomemos muito cuidado para não transformarmos a TPM numa desculpa legítima para a grosseria e rispidez. Todo esforço conta para que ninguém se torne a próxima vítima: respire fundo, conte até 10, sorria mesmo se tiver vontade de matar. O perigo está em nos entregarmos a essas inclinações passageiras, e ficarmos marcadas pra sempre por episódios que poderiam ter sido evitados.

  • A fome aumenta, e eu fico com vontade de comer e mastigar o dia inteiro. Minha tática pra saciar esta “falsa” fome é comer alimentos ricos em fibras que vão me dar aquela sensação de saciedade (frutas com casca e bagaço e verduras): pico tudo num bowl e vou beliscando durante o trabalho, ou em frente à TV. Se tenho vontade de comer um chocolate, como um quadradinho, e não a barra inteira.
  • No caso da acne, eu não faço qualquer intervenção, uma vez que a garantia de que ela vai sumir após aquele período é certa. Não manipulo e não passo remédios ou cremes (principalmente porque as espinhas podem piorar inicialmente, o que é muito característico das substâncias tópicas para a acne). Evito levar a mão ao rosto, e sigo normalmente com as minhas rotinas de cuidados para a pele oleosa que vocês já conhecem.

Em suma: não se entregue a TPM. Não deixe de viver por causa dela, não a use como desculpa… E se você sente que todo o seu esforço é pouco, e que ela te domina apesar de tudo, procure um médico para um tratamento mais direcionado e eficaz. Já existem medicamentos e terapias específicas para os casos mais agudos da TPM.

Estamos juntas nesta luta, meninas! Espero ter ajudado de alguma forma!

Beijo grande pra vocês!! =***

Rotina de Cuidados: Pele Oleosa com Tendência à Acne. A maneira como eu faço =)

Meninas lindas do meu coração! ❤

Hoje eu vim dividir com vocês a minha rotina de cuidados com a pele do rosto. Até cheguei a pensar em fazer um vídeo único mostrando também como cuido da pele do corpo, mas daí pensei melhor e cheguei à conclusão de que o vídeo ficaria muiiiito grande. Então, na próxima faço um vídeo pra compartilhar meus cuidados com o corpo em geral =)

Bom, todo mundo quando vê minhas fotos ou vídeos sempre diz que minha pele é ó-te-ma e perfeita! E é lógico que isso não é verdade, principalmente pela forte tendência à acne que minha pele tem….

Posso dizer que depois que tratei minha acne definitivamente e aprendi que quanto menos moda eu inventar, melhor minha pele vai ficar (rimou), maiores são as chances de eu ter uma pele no mínimo saudável e bonita.

Hoje, aos 25 anos, devo admitir que tenho uma pele muito mais bonita e viçosa do que tinha aos 18 ou 19… um verdadeiro patrimônio que conquistei, e que me esforço diariamente pra manter.

Talvez ao final do vídeo você possa até dizer: “Nossa, é isso?” (rsss) Porque de fato, eu não faço nada de mais… é tudo muito simples e banal. Eu vivo a realidade inversa da maioria das mulheres: Quanto mais coisas eu passo na minha pele, PIOR ela fica.

Além disso, eu não sou exatamente ambiciosa no quesito pele… não fico buscando uma pele de pêssego ou de bebê, porque eu sei que nunca vou atingir este padrão, devido à minha genética e à minha idade. Só os bebês tem pele de bebê.rsss  Contanto que a minha esteja saudável e com viço, já fico super feliz e satisfeita 😀

Como vocês sabem, eu não fico me prendendo às regrinhas… por isso sou contra este negócio de ficar lavando o rosto o dia inteiro achando que  a pele vai ficar menos oleosa, ou esfoliando a pele três vezes por semana acreditando que ela vai ficar mais fina…

Minha convicção é que devemos observar o comportamento da nossa pele, e só dar a ela o que de fato ela está pedindo ali naquele momento. Se o tempo está mais seco, e você observa que sua pele não está produzindo sebo exageradamente, não tem porque  lavar o rosto mais do que duas vezes no dia (tipo de manhã e a noite…)

Ou se ela está meio avermelhada, se irritando facilmente, suspenda algumas rotinas até detectar o que está causando aquele quadro… E por aí vai. São princípios, e não regrinhas  😉

____________________________________________________________________________________________

A propósito, não acrescentei nenhuma rotina anti-idade para a região dos olhos, por exemplo, porque ainda não tomei coragem de comprar o bendito que minha dermatologista me receitou, e que custa mais de 130 merréis. Tô esperando minha próxima viagem à América.rsss

No mais, eu conto tudo com mais detalhes no vídeo, e qualquer figurinha que vocês queiram trocar sobre produtos e rituais, deixe aqui seu comentário que terei prazer em responder 😉

Super beijo pra vocês!! =***

VLOG Pergunte para Diana Said =)

Ei meninas! Saudades ❤

Hoje eu vim compartilhar com vocês uma nova tag que já venho sendo cobrada para fazer há alguns meses =)

Desde o meu primeiro vídeo falado sobre upgrade de imagem e auditoria de pertences, minhas queridas leitoras vem me pedindo pra fazer mais vídeos falados, dar minhas opiniões e contar minhas histórias na frente da câmera (rssss)…  (Vocês devem ter observado que a maioria dos meus vídeos são mudos e com instruções legendadas.)

E como tenho muita alegria e prazer em interagir com minhas leitoras e suas sugestões, hoje trago pra vocês a tag VLOG: Pergunte para Diana Said, onde vocês poderão me enviar temas e assuntos para serem discutidos nos vídeos 😀

O primeiro da série se chama “Acne Adulta, Roacutan e Dicas para Pele Oleosa com Tendência à Acne”, que foi muito solicitado principalmente pelos meus subscribers do Youtube, para complementar o post que escrevi ano passado “Acne Adulta. Eu tive e tratei com Roacutan”.

Por questões técnicas e para ficarmos mais à vontade, os vídeos desta tag poderão ser mais longos e com menor qualidade visual. A idéia desta tag é diferente dos outros vídeos do blog em que queremos sempre primar pela rapidez e praticidade. No vlog, tempo e edição não serão problemas, e toda a atenção se voltará à profundidade com que trataremos dos temas sugeridos por vocês 😉

O próximo vlog terá como tema a limpeza da pele, higienização dos itens de maquiagem (pincéis, etc) e rotinas de cuidado com o corpo em geral (tema também sugerido por vocês anteriormente)… O que acham?

Bom, espero que gostem e que seja um papo gostoso e descontraído 😉

Então, let’s talk!! =*** (o vídeo está dividido em duas partes)

Receita infalível para uma pele jovem, linda e saudável: ir ao dermatologista e seguir todas as suas prescrições.

Quem nunca se rendeu à tentação de experimentar receitas de beleza esdrúxulas, extraídas da internet (ou de qualquer outra fonte não muito confiável) … que atire a primeira pedra!

Fale a verdade: você nunca fez aquele ritual depurativo com limões, ou a “leve” esfoliação no rosto com açúcar cristal e mel…? E as receitas com abacaxi, Hipoglós e feijão branco pra clarear manchas de acne e sol? Técnicas com agulhas para espremer espinhas com sucesso!?

Bom, se isso te consola: eu já pinguei própolis em concentração altíssima diretamente numa espinha há uns dois anos, e os resultados não poderiam ter sido mais desastrosos: 1) A região do meu rosto por onde a própolis escorreu ficou verde, e NADA no mundo fazia a mancha verde sair. (daí procurei outra receita caseira pra fazer a mancha verde sair, mas não achei.rss), 2) Tive uma alergia/irritação no local, que deixou minha bochecha inchada e empolada… e VERDEEE! Ou seja: passei por uma metamorfose alienígena por causa de uma espinha.

Por que somos assim?? Estamos sempre nos auto-medicando, experimentando coisas que deram certo nas outras pessoas sem qualquer orientação médica, colocando a saúde em risco pela promessa do milagre… inventando procedimentos estéticos dentro do banheiro, misturando produtos… Meu Deus, eu era assim! rssss (já fiz isso até com produtos de limpeza pra criar uma fórmula perfeita que deixaria os banheiros brilhando! Conclusão: quase criei uma arma química nuclear e tive que sair de casa correndo porque não conseguia mais respirar…………)

É muita falta de noção somada a um excesso de auto-confiança. Inclusive, nessa brincadeira de esfoliação, já quase provoquei uma semi-queimadura no rosto. Cheguei ao consultório com um lado do rosto todo vermelho, a ponto de nem a dermatologista conseguir acreditar que eu havia feito aquilo em mim mesma. #autoflagelo

A era da hiper-informação fez de todos nós grandes produtores de conteúdos dos mais diversos assuntos. De repente, todo mundo virou médico. O Google suplantou os consultórios.

Por isso hoje quis trazer alguns pontos sobre cuidados com a pele, para quebrar esse paradigma da auto-medicação-prescrição. Existem sim rituais e hábitos em geral que são praxe e dispensam uma consulta com um especialista: tratam-se de princípios universais aprendidos nas aulas de biologia da escola. Em contrapartida, não podemos desprezar as sérias consequências que podem estar envolvidas nas receitas do dr. Google.

Seguem então três dicas seguras e confiáveis para o cuidado com a pele:

1) PROTETOR SOLAR: Dizem que a mulher brasileira é uma das mais vaidosas do mundo. Está sempre bem arrumada e radiante. Entretanto, muito me admira que a mulher brasileira, habitante de um país tropical, ainda não tenha se convencido definitivamente da importância do protetor solar. Digo isso por mim: levei anos para aderir ao protetor solar como o mais SUPREMO cuidado com a pele. Já joguei dois protetores no lixo, lacrados, com validade vencida…. nunca foram usados. Hoje? Se eu vou no portão atender à campanhia, eu passo protetor solar.

2) HIGIENE DA PELE COM PRODUTOS PARA SEU TIPO DE PELE: Removedor de maquiagem (demaquilante) e sabonete PRÓPRIO para seu tipo de pele. A marca pode ser a mais cara e chique do mercado: se não for próprio para seu tipo de pele, não compre. Principalmente se sua pele for oleosa com tendência a acne, como é o caso da minha. Sabonete comum não remove maquiagem, principalmente na região dos olhos. Por isso, use um demaquilante eficaz pra evitar de ficar esfregando o rosto com o sabonete na esperança de que a maquiagem vai sair.

3) CONSULTE UM DERMATOLOGISTA REGULARMENTE: Faça uma lista das dúvidas, desconfortos e preocupações que você tem em relação à sua pele e leve para o consultório. Questione seu dermatologista ponto-a-ponto, e aguarde até que ele ache conveniente prescrever alguma coisa para sua pele. Dessa maneira, você evita gastar dinheiro, tempo e energia em “receitinhas” que não tem eficácia comprovada, e que podem causar danos à sua saúde. Em algumas situações, as receitinhas nos trazem problemas e transtornos que antes não tínhamos… e daí bate aquele arrependimento “pra que eu fui mexer com isso”?

Recaptulando: Se você usa protetor solar e higieniza sua pele com os produtos certos para seu tipo de pele, você já está no caminho certo. Qualquer coisa ALÉM disso que você queira fazer, não invente moda: consulte um especialista.

Fica a dica 😉