Vídeo respondendo à Tag “O que levo na bolsa” =)

Olá, meninas! Espero que a semana esteja indo bem e bastante produtiva 🙂

Hoje vim dividir com vocês um vídeo que mostra as coisinhas que carrego na minha bolsa quando saio de casa. É claro que faço pequenas adaptações de acordo com o dia e ocasião, mas basicamente minha bolsa já fica preparada com os itens que mostrei no vídeo.

Pra mim, mais do que um charmoso acessório, a bolsa precisa me proporcionar aquela segurança de que numa eventual emergência, não estarei desamparada e sem socorro!

Já carreguei muito mais coisas no passado, mas hoje me esforço para ser bem prática e objetiva neste assunto.

E pra vocês? O que não pode faltar na bolsa de uma mulher? Me contem!! Bjo grande! =***

Dicas práticas de como se organizar nas diferentes áreas da vida

Sempre quando me deparo com um cenário em que preciso fazer muitas coisas de naturezas completamente distintas, observo que meu comportamento se resume a obedecer o humor do dia, e do momento: se estou feliz, saio fazendo tudo de forma desordenada e ao mesmo tempo sem nem pensar direito; e se estou baixo-astral, preservo o hábito de não pensar direito, e sigo procrastinando as tarefas até onde não der mais.

Grande calamidade é esta de viver acatando o humor do dia, negligenciando as rotinas multidisciplinares que nos permitem explorar a riqueza e amplitude da nossa existência. Digo isso, porque se não nos policiamos, sempre damos prioridade e atenção a uma única e exclusiva área da vida que pode ser o trabalho, por exemplo, grande consumidora do nosso tempo e energia por ser ela a fonte de sustento da maioria das famílias.

Sei que ainda é um grande desafio pra mim, mas tenho tentado já há alguns anos (sim, o processo é lento e gradual.rs) me organizar não só para cumprir minhas rotinas sociais com pontualidade e excelência, mas também para experimentar a paz e leveza de viver a amplitude que citei acima, e não estar em débito comigo ou com os outros.

Por isso, minha tentativa foi adotar um método semelhante ao de alguns executivos com quem trabalhei, que divide a vida em áreas que segundo o seu julgamento, têm importância pra você e sua existência. Assim que defini as minhas áreas de importância, dividi meu caderno (eu uso um caderno por ano, ao invés de agenda) e criei uma pasta no computador para cada uma dessas áreas. São elas:

1) ESPIRITUAL (O ALICERCE DE TODAS AS ÁREAS)

Nesta área, busco desenvolver um relacionamento pessoal com Deus, anotando minhas orações, minhas alegrias, meus erros e lutas que estou passando. Também gosto muito de anotar o que Ele me diz =) Coloco data, e quando aquele dizer se cumpre, eu volto na página e faço uma nova anotação descrevendo as circunstâncias, meu sentimento, etc. Quando estou em crise, ou me falta fé, o Espírito Santo me lembra daquelas páginas e então encontro paz e consolo.

2) VIDA A DOIS

É muito importante cuidar desta área de forma consciente, sem aquela ilusão de que o relacionamento pode cuidar de si próprio sem qualquer interferência nossa. Procuro observar o que não tem sido bom para corrigir antes que o quadro se instale e se agrave cada vez mais, planejo eventos românticos, pequenas demonstrações em casa como jantares, conversas, ou até mesmo viagens e sonhos que queremos realizar juntos.

3) INTELECTUAL E CARREIRA

Aqui busco acompanhar a literatura disponível para minha área do conhecimento, tentando me manter atualizada e competitiva no mercado. Também procuro me envolver nos cursos, palestras e oficinas que tem sido disponibilizados para os profissionais da minha área recentemente. Neste tópico, também é importante considerar a possibilidade de se mudar completamente de carreira, pesquisando os prós e contras, avaliando as oportunidades e racionalizando a maneira e o tempo certo para fazer esta mudança acontecer.

4) RELACIONAMENTOS, FAMÍLIA E AMIZADES

Esta área é um grande desafio pra mim. Tenho muita dificuldade para manter contato, comparecer aos eventos e me relacionar com meus amigos e familiares com desprendimento. Confesso que já melhorei bastante nos últimos anos, mas tenho muito o que melhorar. Aqui procuro criar oportunidades de relacionamento e não desperdiçar as oportunidades que me são apresentadas. Procuro também lembrar dos aniversários, ligar para saber como tem passado, contar as novidades, etc…

5) EU E MINHA CASA

Mesmo não sendo fã de serviços de casa, já observei que quando ela não está em dia, minha cabeça também não fica boa (rs). E é muito engraçado, porque quando estou deprimida e quero espantar a tristeza, a primeira coisa que eu faço é dar uma geral na casa e colocar tudo em seu devido lugar. Isso me dá um certo senso de propósito e referência. Da mesma maneira, sempre que cuido da casa, lembro de cuidar de mim e do meu corpo, já que eu também sirvo de habitação para o Espírito Santo. Treino, me alimento bem, faço as unhas, sobrancelhas, cuido dos cabelos, etc… (essas coisas de mulher.rss)

6) FINANÇAS

Como sou casada, esta é uma área compartilhada que deve abençoar o casal e não separá-lo ou levá-lo a constantes discussões. É muito natural que duas pessoas discordem de suas opiniões, mas no fim, o que deve prevalecer é a alternativa que visa o interesse da casa, seus objetivos maiores e não o desejo particular de um ou de outro. Nesta área, também buscamos traçar nossos planos e anseios financeiros a curto e longo prazo, bem como os respectivos sacrifícios indispensáveis ao cumprimento destes anseios (que quando são acertados previamente, não terminam em briga e discussão).

É claro que a vida é muito ampla para caber em seis modestas áreas… mas acredito que este é um caminho que já oferece algum sentido e direção. Todas as áreas se sustentam e alicerçam na primeira de todas as áreas que é a área espiritual, diante da qual estão todos os assuntos da nossa vida.

Na maioria das vezes, o ideal simplesmente não é possível, e por isso seguimos falhando em vários aspectos. Mas se conseguimos detectar nossas áreas de maior deficiência, saberemos então aonde alocar mais energia e atenção…

Espero que este modelo tenha sido útil, e que de alguma forma você possa aplicá-lo em sua vida =)

Bjo grande! =***

DIY: Como organizar todos os seus acessórios usando apenas os cabides do seu armário!

Olá meninas! Saudades ❤

Hoje eu vim dividir com vocês uma solução que tenho usado já faz alguns meses para armazenar todos os meus acessórios: brincos, colares, pulseiras, lenços/cachecóis, anéis e óculos.

Antes de adotar meus cabides como organizadores “universais”, esclareço pra vocês que já experimentei de tudo um pouco (latinhas, porta-trecos, pinos, caixas, e organizadores específicos em geral).

E pelo menos pra mim, estes dispositivos não atendem à necessidade que eu tenho de visualizar e acessar todos os meus acessórios sem o aborrecimento de coisas emboladas, ou sem precisar tirar tudo pra fora, pra conseguir chegar àquele único cinto que eu quero usar.

Meu dilema sempre foi guardar as coisas, sem que fatalmente eu venha  a me esquecer da existência delas. Quero que elas estejam armazenadas e organizadas apropriadamente, mas ao mesmo tempo quero visualizá-las e acessá-las sem dificuldades.

E o velho e bom cabide me proporcionou tudo isto, com dignidade e, o mais importante, sem gastar nada.rss

Espero que gostem da dica, e fiquem à vontade pra fazer suas customizações e adaptações 😀

Grande beijo!! =***