Ice, blackberries e sucrilhos! Eu não tive infância! rsss

Ice sabor blueberry e Fanta Laranja =)

Minha infância foi muito feliz, divertida e memorável! Mas algumas coisinhas, devido às restrições da época, ficavam só na vontade e no sonho de criança…

Blackberries docinhas no café da manhã!

Hoje, depois de adulta, vim encontrar meus sonhos de criança que adormeceram por um tempo, e que começam a despertar…as guloseimas que a gente via nos filmes, frutas fora de época reservadas somente aos que podiam comprar, o cereal com leite que definitivamente, por razões inclusive culturais, não fazia parte do nosso café da manhã…

Enfim! Vamos nos jogar nos sonhos de infância? Eu já estou me jogando nos meus! rs

De vez em quando vou voltar aqui pra contar o sonho da vez (e que não seja de comer, né….rssss)

Bjkas!!

P.S. Ao escrever este post, um dos hinos de infância não me saia da cabeça!! Recordar é viver!!

Anúncios

América! Cheguei! =)

Então! Como eu já havia contado previamente aqui no blog, meu marido e eu afogamos nosso câmera em Porto de Galinhas (durante a travessia até as famosas ‘piscinas naturais’ deixamos a câmera cair no mar, fazendo-a perecer para todo o sempre.rs)

Logo, como deixamos pra comprar uma câmera nova aqui nos EUA, não temos registros do trajeto nos aeroportos de Guarulhos, NY e Boston, onde vivemos a maior de todas as ansiedades: esperar, esperar e esperar. Meu Deus! É um jogo de paciência!

O engraçado é que, pra não fugir à regra dos meus sonhos de “barriga cheia”, alguns dias antes de embarcarmos, sonhei que minha pomada Bepantol tinha sido confiscada pela segurança do aeroporto! E que eu dava pulos de 5 metros de altura de revolta e indignação!! ahaha (isso inclusive me lembra o sonho que tive alguns dias antes de me casar em 2008, em que o maquiador que estava me arrumando para o meu casamento fazia uma pintura no meu rosto igual a do Pablo do “qual é a música” do Silvio Santos (!!!!) Adoro sonhar…rsss

Bom, pelo menos nada meu foi confiscado pela segurança dos aeroportos por onde passamos! Inclusive, em Guarulhos, os seguranças estavam tão distraídos e descontraídos (estavam cantando a música “pirulito que bate-bate, pirulito que já bateu….”) que nem vistoriaram nossas bagagens de mão.

Ainda em Guarulhos tivemos que esperar 5 horas até o horário de saída do vôo para os EUA (21h). Na primeira hora, tudo é festa e alegria… a criatividade te permite lembrar dos joguinhos de infância para passar o tempo (eu e Dalton brincamos de adedanha-escreve, jogo da velha e forca), além das visitinhas básicas ao Duty-Free pra já ir aquecendo as expectativas de compras! Depois disso, é como se o efeito de uma anestesia começasse a passar, e você começa a sentir tudo: Fome, sede, cansaço, tédio…rsssss

Mas enfim! Como eu sou uma fominha de avião (eu amoooooo voar), principalmente se for na saída de emergência, rapidinho recuperei o ânimo e as horas passaram bem depressa! Vôo de 9 horas, tranquilo, sem turbulências e com entretenimento (assisti ao mesmo episódio do The Office umas mil vezes durante o vôo.rss).

Casa dos meus sogros. Parece casa de boneca, e ainda tem uma árvore na frente! Meu sonho!!

Chegamos em NYC às 6h da manhã, num frio de lascar (1ºC), e logo percebemos a torre de Babel. Como diria a dona Edith: nem todo mundo é loiro, de olhos claros, com sorriso nos lábios! O que menos se vê no aeroporto JFK é americano! Os funcionários são portoriquenhos, africanos, indianos… uma verdadeira mistura!

Bom, passamos frio no aeroporto de NY, tomamos frappucino gelado no Starbucks achando que era uma bebida quente que nos ajudaria a aquecer o corpo, o vôo para Boston atrasou 1h30, deitamos no chão do aeroporto e tiramos um cochilo até dar o horário de saída do vôo…. (como eu queria ter foto disso.rs)

Já em Boston, meus sogros queridos nos aguardavam com casacos quentinhos!!! Delícia!!! Passamos em casa e fomos almoçar num restaurante chinês delicioso em New Bedford! Comemos DEMAIS e saimos com essa cara (que já não estava boa devido às 24h praticamente sem pregar o olho).

Quando voltamos do almoço, tiramos uma soneca e recuperamos as energias! Já fomos ao shopping, fizemos algumas comprinhas básicas (depois farei um post exclusivo sobre as aquisições!), e já deu pra perceber como o estilo de vida aqui é distinto e engraçado até. A começar pelo exagero…. tudo é muito grande! Pedi uma Coca-Cola no restaurante, esperando aquela garrafinha de vidro de 290ml, e o garçom me traz um copo gigante de 600ml! Tudo é vendido em galão, tamanho família… ai que povo exagerado!

Até agora, embora ainda não tenhamos feito muitos passeios, o que mais estou gostando é do silêncio e tranquilidade da vizinhança. Como em BH moramos num bairro em obras constantes, e de vizinhos muito mal educados, somos acordados todos os dia por uma sinfonia de britadeiras, discussões, choros, gemidos, etc. Já aqui, o silêncio reina………………

Minha sogra e eu num momento "festa brega", JC Penny.

Ontem nevou um pouco, mas não o suficiente para brincar e construir boneco de neve =(

De todos os modos, ficar em casa perto da lareira tomando um vinho, já valeu a pena…

Na segunda-feira, é provável que eu já esteja com a minha câmera em mãos para sair por aí desbravando a América! rsss

Farei alguns tutoriais de beleza também (atendendo a pedidos, farei um tutorial de cabelos…), e postarei à medida que for editando…

Me mandem notícias do Brasil! (Boas, por favor…rs)

Até a próxima, everybody! =***