Será que Deus me vê, será que Ele me nota?

Recentemente (depois que publiquei aqui no blog um post até muito cômico contando alguns dos principais micos que já paguei na vida), comecei a observar que de fato a cabeça e os pensamentos não param nem por um segundo. Numa noite qualquer, ao fechar os olhos para mais uma trivial noite de sono,  a mente pode simplesmente acionar uma varredura de HD e trazer à tona uma série de lembranças e memórias que há muito tempo dormiam caladas e desapercebidas.

De vez em quando, a exemplo da noite em que levantei da cama dando gargalhadas dos meus micos, fico muito satisfeita por ser desavisadamente presenteada com momentos de muito humor e diversão gratuita. Mas em outras situações, queria mesmo poder apertar um botão e deletar pra sempre algumas lembranças, que até por auto-defesa, eu mesma coloquei pra dormir.

Os fatos em si passeando pela minha mente contra a minha vontade, não são exclusivamente o fator de maior incômodo e desconforto pra mim. Meu desprazer é ter que me lembrar da maneira como me senti diante daqueles acontecimentos. Às vezes sinto tudo aquilo de novo, me assistindo em terceira pessoa nas mais variadas cenas de desprezo, fragilidade e, em alguns casos, até humilhação.

E eu posso passar horas aqui nesta página, descrevendo os meus sentimentos com toda sorte e riqueza de detalhes, pormenorizando cada sequência, me abrindo sem qualquer pudor ou vergonha... ninguém jamais saberá a verdade do que eu sinto ou senti em determinada circunstância. É impossível materializar o tamanho, a intensidade ou a medida do que se passa dentro de mim.

Toda interpretação que surgir num desabafo, por exemplo, não passará de uma tentativa (que pode até ser genuína) de empatia e solidariedade. Porque o Único que me vê por dentro, e pode decifrar cada um dos meus sentimentos em sua forma mais literal e verdadeira, é o nosso Senhor Jesus.

Gente, como isso nos aponta um caminho… percebe como está plantada em nossa natureza a necessidade visceral de nos relacionarmos com Ele? A mesma necessidade que temos de pegar um telefone e ligar pra um amigo muito querido, para desabafar, chorar e dividir o que tem se passado em nossas vidas.

A mesma necessidade de sermos compreendidos, consolados e cuidados nos momentos de tristeza e fragilidade. Mesmo que você não queira, mesmo que você não creia: JESUS te vê pelo que Ele é, e não pelo que você acredita.

Não existe poder em nossas mãos capaz de impedir YAVÉ de ser o que Ele é: onipresente, onisciente e onipotente. Ele É.

E se você não se deixa ser compreendido, consolado e cuidado por Aquele que de FATO te vê, e compreende a verdade do seu sentimento, você está perdendo por opção a cura mais eficaz e sustentável que seu bolso não poderia pagar ainda que você quisesse.

Deus te vê, Deus te nota… não pelo tamanho da sua dor, ou pela profundidade da sua ferida. Mas pelo que Ele é… porque se basearmos o caráter e comportamento de Deus pelo que fazemos, jamais teremos garantias de nada, porque mudamos  em todo tempo, e em nada somos confiáveis.

Mas se eu alicerço tudo isso no que Ele é, então não preciso me preocupar. Porque diferente de mim e de você, nEle não há sombra ou variação de mudança… E todas as vezes em que você duvidar no seu coração que o Senhor está te vendo, não olhe para a pauta em questão, ou pra sua vida, ou pra direita, ou pra esquerda…

Tudo isso é irrelevante diante da certeza mais fiel de que Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Isso basta. Isso basta.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Será que Deus me vê, será que Ele me nota?

  1. Que lindo! Vc escreve muito bem! Adoro ler seus artigos, são interessantes, inteligentes e divertidos! Poderia dar dicas de leituras pra gente tbm né? O que vc acha?! Bjooo

  2. Diana, comecei vendo seus vídeos no youtube e gostei bastante dos vídeos e de sua pessoa. Passei a procurar outros vídeos seus e por fim entrei em seu site. Adorei todas as postagens, mas quando percebi a fé que você professa, fiquei ainda mais encantada. Só quero te dar parabéns e pedir pra que continue falando do amor de Jesus para as pessoas e espalhando esse evangelho maravilhoso que é a salvação em Cristo. Um grande abraço e que Deus te abençoe ricamente.

    • Olá Giselle! Seja muito bem-vinda! Obrigada por cada uma das palavras carinhosas que você disse a meu respeito =)

      Fico ainda mais feliz em saber que o conteúdo do blog tem sido útil de alguma maneira, e principalmente que servimos ao mesmo (e único) Deus maravilhoso!

      Espero te ver sempre por aqui, e que Jesus te abençoe ricamente também! Um grande beijo no seu coração! =***

Deixe um recadinho =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s