PRINCÍPIOS E VALORES: Na prática, como posso me sentir feliz independente das circunstâncias?

Na rua onde eu morei durante toda a minha infância com meus pais, havia uma igreja evangélica Maranata (linda, toda branquinha) que vivia em constante movimento de fiéis… Nos dias de culto, chegávamos a parar a brincadeira na rua para observarmos todo o garbo e elegância das moças e rapazes que se dirigiam ao templo =)

A gente ouvia os hinos, as orações, o clamor e, sobretudo, a alegria de um povo que buscava a Deus com sinceridade de coração! E era tão bonito… (“em tua presença entramos, clamando a Ti, oh Senhor”… este foi um dos hinos que gravei quando era criança de tanto ouví-lo enquanto brincava na rua.rs)

Na minha pureza e inocência infantil, eu cresci acreditando que estes eram os principais atributos do cristão: vestir-se bem, tomar a sua bíblia, dirigir-se ao templo e executar aqueles lindos hinos e sermões que sempre me emocionavam. Pra mim, era como se através destes atributos fosse possível reconhecer um cristão logo de cara!

 Naquela época, assim como durante boa fase da vida de Jó, eu conhecia a Deus apenas de ouvir falar… E foi só depois de adulta, após conhecê-Lo em intimidade, é que de fato consegui me lembrar daquelas moças e rapazes da Igreja Maranata, como meus irmãos  em Cristo, que assim como nós e tantos outros irmãos espalhados pelo mundo, vivem os embaraços de um mundo atroz e decaído, com toda coragem e  intrepidez.

E nisto é possível reconhecer o povo de Deus: através de suas vidas, e não de palavras, enxergamos o claro testemunho de que as circunstâncias não podem determinar ou condicionar a postura com que vivem seus dias aqui na terra. Não podemos depender das circunstâncias para estarmos felizes, porque as circunstâncias são do mundo, e nós não somos deste mundo.

Não digo isto como alguém que tenha vencido, mas como alguém que luta todos os dias uma batalha para não permitir que as circunstâncias determinem o meu humor, ou minha motivação para fazer isto ou aquilo. Porque muitas são as situações em que deixo de sorrir ou de cumprir uma agenda, por sentir que as coisas não vão bem. E cada vez que as circunstâncias vencem esta batalha, estou me permitindo acostumar com uma vida em que dependo das “coisas irem bem”, e não de Jesus – que é S-U-F-I-C-I-E-N-T-E.

Ele não só sabe de tudo o que preciso, como também tem para me dar em abundância muito mais do que preciso. E na maioria das vezes em que eu acho que preciso de trocar de carro ou receber uma promoção no trabalho, Seu amor suficiente me mostra que não há nada no mundo material capaz de satisfazer a imensa necessidade que tenho dEle, e da presença dEle. “Buscai em PRIMEIRO lugar o Reino de Deus e a Sua justiça”!!! (Quando será que vou aprender? :/ )

Na prática, só existe uma maneira de nos sentirmos felizes independente das circunstâncias: transportando-nos definitivamente para o único lugar de onde podemos anulá-las. Este lugar é o Reino de Deus…

Porque viver manipulado pelas circunstâncias não é um problema em si mesmo, e sim, um dos mais evidentes sintomas de um estilo de vida enraizado no mundo e na instabilidade de suas premissas: status, sucesso, dinheiro e bens.

TUDO isto e muito mais, o Deus que é dono do ouro e da prata pode te dar se Ele quiser, e se for plano de expansão do Reino dEle, para a glória dEle. Mas este não é o fim da sua e da minha existência… viver miseravelmente correndo atrás e se apoiando em coisas que hoje temos, e amanhã podemos simplesmente não ter. (Mateus 6).

Na prática, tudo se resume à atitude, porque a fé sem obras é morta. Pense em tudo o que geralmente fazemos quando nos deixamos controlar pelas circunstâncias, e faça EXATAMENTE o contrário. Se der vontade de deitar, levante. Se der vontade de não ir, vá. Se der vontade de chorar, pode chorar, mas que seja no Altar de Deus para refrigério, e não diante do mundo para escárnio e vergonha.

E se der vontade de calar, fale igual uma tagarela, pra todo mundo, o tanto que tudo te vai mal, e o tanto que você está feliz, porque você sabe que quem cuida de você é Fiel e em tempo oportuno agirá conforme a Sua boa, perfeita e agradável vontade.

Anúncios

2 pensamentos sobre “PRINCÍPIOS E VALORES: Na prática, como posso me sentir feliz independente das circunstâncias?

Deixe um recadinho =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s