Ele também é Deus poderoso e cheio de amor quando diz “NÃO”.

Nas últimas meditações bíblicas que tenho escrito aqui no blog, venho sempre destacando um dos principais atributos do caráter do nosso Deus, que é sua posição de Senhor e não de servo em sua relação com o homem.

É muito comum que algumas pessoas carreguem um “Deus amuleto”, que estão com elas para abençoá-las, protegê-las, prosperá-las e, sobretudo, para lhes conceder o que querem, de acordo com seus sonhos e projetos particulares. É como se Deus se resumisse à tarefa operacional de completá-las naquilo que sua condição humana não lhes permite fazer, sendo Ele buscado pelo que suas mãos podem dar, e não pelo que Ele verdadeiramente é.

Durante alguns anos da minha vida, apresentei ao Senhor pedidos específicos, sonhos e projetos particulares por cuja realização esperei ansiosamente até a fase adulta. Ainda guardo meu caderno daquele ano específico, onde anotei cada um destes pedidos, como se acabasse de ver uma estrela-cadente… Eram até muitos, mais de cinco, com certeza. E NENHUM deles se realizou conforme o meu clamor, minhas orações e súplicas.E na página seguinte, escrevi com caneta vermelha e muita indignação: “Por que o Senhor não me concede o que eu quero?? Se o Senhor é Deus e eu sou sua filha, porque vivo a me envergonhar cada vez que peço e não recebo??”

A partir deste momento, passei a assumir uma posição questionadora para com Deus, como se na minha ira eu o pudesse encurralar e fazê-Lo admitir que de fato Ele não me ouve e não tem interesse algum em minha vida. Não podia suportar a frustração, o sofrimento e toda a dor que, convenhamos, eu acabei trazendo sobre mim mesma, porque na vontade de Deus não há dor e sofrimento. A vontade dEle é boa, perfeita e agradável….

E eu louvo a Deus que através de Seu muito amado filho Jesus Cristo, me perdoou segundo a riqueza de sua graça e misericórdia; porque usou de toda esta situação para me tirar as fraldas e mamadeira, e me fazer crescer um tanto mais no Seu conhecimento e amor.

Em primeiro lugar, o Senhor faz e opera tudo conforme o conselho de Sua vontade. Ninguém nunca deu a Ele primeiro, para que Ele tenha obrigação de nos retribuir qualquer coisa (Jó 41). Antes pelo contrário, tudo o quanto Ele desejar nos dar, será segundo o seu imenso amor e misericórdia, e não por nosso merecimento, esforço e dedicação.

Em segundo lugar, nós é que estamos com Ele, inseridos de maneira privilegiada em seus planos maiores, e não o contrário. Não é o Senhor que está conosco em nossos planos… nós é que estamos com Ele, para executar o que Ele já planejou desde a eternidade.

Em terceiro lugar, tudo é para a Sua glória e louvor. Não recebemos, porque pedimos mal (Tiago 4), para a nossa própria vontade e deleite. Todas as coisas que Ele amorosamente nos concede (seja bens materiais ou dons espirituais, ou virtudes, etc) é para dar testemunho dEle, para que a glória dEle reluza através de nossas vidas, e não para nos auto-promovermos segundo o  nosso desejo.

Em quarto lugar, em tudo seja o nome dEle exaltado, louvado e engrandecido. Em tudo devemos dar graças, ainda que não tenhamos recebido conforme nossas orações e expectativas. Ele é Santo e Perfeito, e em nada deve ser questionado, porque os Seus planos são mais altos do que os nossos.

Tenho observado como as pessoas automaticamente autenticam os seus sonhos e projetos como sendo os sonhos e projetos do próprio Deus, pela simples constatação de que se trata de algo que elas desejam e querem demais. (“se eu quero, eu posso, eu consigo”). Mas devemos nos lembrar que Ele mesmo nos advertiu sobre a natureza enganosa de nosso coração… nem tudo o que queremos, é necessariamente o que Deus quer segundo os Seus planos e vontade.

Sei que tudo isso soa muito desconfortável e até mesmo humilhante para a maioria das pessoas. Mas a entrega é tudo ou nada… não existe meio termo. A escolha é clara: ou ficamos com os nossos desejos e projetos segundo o engano do nosso coração, ou entramos no Reino dAquele Senhor e Rei que tem os planos mais altos e nos chama para fazer parte de cada um deles conforme a grandeza do Seu amor e graça.

Onde há o governo de Deus, não há mais o governo do homem. Não recebi os cinco pedidos que fiz naquele ano, mas recebi outros maiores, completamente incompatíveis com os que eu havia feito da minha vontade e desejo.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Ele também é Deus poderoso e cheio de amor quando diz “NÃO”.

  1. Oi amiga! Gostei muito do seu post. Foi muito edificante e veio em boa hora (foi de Deus, na realidade), em vista de que recentemente desabafei com Ele exatamente sobre este assunto: ‘sonhos frustrados”. Sei e concordo com tudo o que você colocou. Mas tem hora que não é fácil, especialmente quando não conseguimos ver em sua plenitude os exatos planos que Deus tem para nós. O que torna a situação ainda mais difícil é quando vemos outras pessoas alcançarem aquilo que tínhamos sonhado para nós mesmos, e depois ouvir a pessoa ainda dizer ” em minha orações, sempre pedi assim e assado, e recebi muito mais…”. Tem hora que a solução parece não sonhar mais, jogar tudo pro alto. Ainda mais quando não sabemos ou enxergamos os sonhos de Deus pra nós. Dá vontade de só sentar e esperar pra ver o que vai acontecer. Estou meio assim agora… 😦

    • Ei amiga!
      Então… não existem receitas nem regras, e talvez a solução esteja mais no compreender Deus como um todo, do que exatamente compreender o que Deus tem pra nós, especificamente.

      Aplicar mais tempo e energia conhecendo o que está no coração dEle, ainda que não tenha nada a ver com a nossa vida, e com os nossos sonhos.

      O que para os outros foram bênçãos, para nós poderia ser uma pedra de tropeço, e até mesmo um fator que pudesse nos privar de uma vida plena com Deus… não sei, Ele é quem sabe.

      Já senti muita dor e angústia vendo todos os meus amigos alcançarem exatamente o que eu sonhei pra mim… e depois de um tempo, o Senhor me mostrou a real motivação do meu coração em almejar todas aquelas coisas (você conhece bem a história do meu primeiro visto..rsss); e então compreendi que o que eu queria era fruto de uma inquietação, insegurança e até mesmo falta de fé e vaidade (isso o Senhor mostrou pra mim, individualmente ao longos dos anos subsequentes).

      Um dia estava orando, e o Senhor me mostrou um grannnnnnde oceano, e depois uma praia… e as ondas quebravam e voltavam para o oceano se perdendo, pra sempre. Naquela hora, eu me vi colocando ali aos pés das ondas todos os meus sonhos, de modo que definitivamente eles não voltariam mais pra mim, porque como é possível achar qualquer coisa na grandeza do oceano?? Ou seja, é a renúncia total… E o Senhor falou comigo “Os seus sonhos são meus agora, não pertencem a você mais”. Eu dei os meus sonhos para o Senhor, como Ele deu, espontaneamente, a vida dEle por mim.

      Pensa numa pessoa leve, em paz e renovada. Tudo o que eu não renunciava, começava a se tornar pesado e me fazer sofrer muito… porque o meu coração estava nestas coisas, e Ele mesmo disse que onde estivesse o nosso coração, ali também estaria o nosso tesouro.

      Foi quando numa noite, orando, eu pedi a Ele que descolasse o meu coração das coisas do mundo e ligasse meu coração na Eternidade, nos assuntos do Reino, e não nos meus.

      Nunca recebi porções tão generosas do Espírito de Deus como agora… Aquela angústia e tristeza já não me separam mais da plena comunhão com o Senhor. Aquele ressentimento que tive durante alguns anos, e que eventualmente Ele me mostrou e pediu que eu me arrependesse, tem desaparecido aos poucos porque os frutos do Espírito são alegria e paz, e não tristeza e angústia.

      A conclusão a que chego é que enquanto sonhamos A e B, nos destraímos e perdemos a chance de ver o Senhor nos dando C e D.

      E este foi um exercício que o Espírito Santo me ensinou: não importa se é A ou B. Certamente, C e D sempre serão mais importantes porque foram dispensados diretamente do trono de Deus pra mim. E tudo o que Deus me der primeiro é mais importante do que qualquer coisa que eu venha a pedir.

      Ainda estou engatinhando em tudo isso… o Espirito Santo tem me ensinado cada dia um pouquinho.

      Tenha certeza que o Senhor tem te visto em tudo. Ore em espírito e peça a Ele para te dar entendimento de todas essas coisas que tem se passado com você. Sobretudo, peça a Ele que fale com você, diretamente, intimamente e individualmente.

      No mais, a paz que excede todo o entendimento seja com você! Love you, sister! ❤

  2. É verdade, Diana. Muitas vezes questionamos a Deus e não aceitamos situações que acontecem em nossas vidas. Mas Deus age como quer, e o agir Dele é tão perfeito que nós, seres humanos, não conseguimos entender. A partir do momento que nos entregamos a Deus é Ele quem escreve a nossa história.

Deixe um recadinho =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s