Sendo assim, nas famílias que não amam, não há Deus, porque Deus é amor.

No final da semana passada, meu marido e eu assistimos com muito pesar e tristeza a uma cena de completo descontrole emocional dentro da família. Não pudemos testemunhar ocularmente, posto que o acontecimento se passou no prédio ao lado, mas os gritos ecoavam com tanta nitidez, que nos parecia estar de fato dentro daquela casa no meio da então confusão.

São pessoas que não conhecemos pessoalmente, mas que devido à proximidade dos apartamentos e nenhum isolamento acústico, acabam fazendo parte do nosso dia-a-dia com seus diálogos, interjeições e, não muito raro, com suas brigas.

E desde que nos mudamos para esse prédio, muitos episódios dessa natureza já aconteceram de dia, de noite e de madrugada: ora no apartamento da mãe e filha que não se entendem devido ao alcoolismo da  mãe, ora no apartamento da frente onde mora um casal e uma criança pequena que vivem trocando insultos, ora no apartamento onde mora um garotão solteiro que de vez em quando se desentende com a namorada… e por aí vai.

Em todos os episódios que já presenciamos, inclusive neste específico que citei no início do post, um elemento comum a todos eles chama a atenção e nos entristece profundamente: a violência nas palavras. Não me indignam os palavrões ou os termos de baixo calão, mas o desejo voraz de ferir, machucar e até matar o outro com colocações e sentenças meticulosamente construídas na intenção de humilhar, desqualificar e diminuir seja o marido, a esposa, pai, mãe ou filho.

O prazer parece habitar neste propósito diário de matar o outro com palavras e reduzí-lo a nada. Palavras seguidas de ameaças, ameaças seguidas de boletins de ocorrência... é a família virando assunto de polícia, é a polícia violando o santuário, o lar… lugar onde Jesus ceia com a gente, lugar de proteção, pra onde queremos sempre voltar…

E as crianças crescem presenciando as mais criativas demonstrações de ódio e rancor entre os pais, e quando são adultos, já repensam se vão mesmo se casar e constituir uma nova família. Em outros casos, optam pela família mas dão lugar aos mesmos episódios de violência que tanto repudiavam quando eram crianças. Chegam todos a uma conclusão conveniente de que o casamento é um fardo pesado, um encosto, instituição falida e ultima escolha que se deve fazer na vida.Em tudo a humanidade se mostra cada vez mais inimigo e adversário de Deus… dando os piores testemunhos dos Seus planos, fazendo o mundo atribuir a Ele – que é Santo e Perfeito – as mazelas deste tempo que são frutos dos corações duros e da perversidade dos homens, e não de Deus.

Levantar a mão para a esposa, e humilhá-la quando Jesus te mandou amá-la e cuidá-la como ELE mesmo amou a igreja e por ela se entregou? Desrespeitar e desonrar os pais, quando ELE fala do amor que só um pai e uma mãe podem sentir por um filho, a ponto de por ele dar sua própria vida e conceder o perdão impossível? Dirigir insultos e agressões físicas a um filho, que te foi concedido da parte dEle como galardão e flechas nas  mãos do valente?

Como podemos ser tão cruéis com os nossos queridos, quando Deus nos fala tão mansamente, cheio de um amor que não merecemos, que chega a nos constranger? Que direito temos nós de proferir contra o outro palavras de ódio e rancor, quando tudo o que Deus dispensou sobre nós quando ainda éramos malditos, foi amor e perdão? É o próprio amor Dele em nós que transborda e nos leva a amar os outros. Aquele que não ama, não conhece a Deus, porque Deus é amor.

Sendo assim, nas famílias que não amam, não há Deus, porque Deus é amor.

Chame o Senhor para ceiar hoje com sua família, seja você um marido, uma esposa, pai, filho, mãe… não importa. Não aceite  nem mais um dia longe da presença e do amor Dele. Não aceite que sua família seja alvejada pelos desígnios do inimigo que veio para matar, roubar e destruir. Não aceite a dureza do seu coração, e permita que Ele te conceda um coração de carne…

Permita ser amado e cuidado por Deus, e perceba que você só dá para o outro aquilo do qual você está cheio…. E se é do amor de Deus que você está cheio, seja na tua casa a paz, o amor, o perdão e harmonia do nosso Senhor, amém!

Anúncios

6 pensamentos sobre “Sendo assim, nas famílias que não amam, não há Deus, porque Deus é amor.

  1. O inimigo luta o tempo todo pra destroir as familias, devemos esta sempre em comunhão com Deus pois somente ele pode lutar contra as forças do mal

  2. Não sou de deixar comentários, mas não consegui me conter…
    Acabei chegando no seu blog pq procurava fotos de necessaires para me inspirar, ando me aventurando no mundo da costura… Não achei o que procurava mas acabei me interessando e xeretando mais a fundo o blog…

    Quando comecei a ler a descrição dos seus vizinhos quase achei que também somos vizinhas, parece que descreveu alguns dos meus vizinhos… É triste ter tanta gente infeliz por tantos lugares… Mas foi bom ler seu post, pq me lembrou, mais uma vez, de agradecer a Deus por ter me dado uma família maravilhosa que procura sempre estar Nele…

    E não podia deixar de agradecê-la por me guiar nessa reflexão! Então, muito obrigada!

    Assim que tiver mais tempo vou me aventurar mais no seu blog, olhando rapidamente, gostei dos posts reflexivos e das dicas de maquiagem… até mais!

    E mais uma vez, obrigada (:

    • Ei Ziihih! Obrigada por visitar o blog =)
      Fico feliz que a reflexão tenha sido positiva pra você! Acho que temos vizinhos em comum…rsss

      Minha vez de xeretar seu blog 😀 Estou indo lá agora! Bjkas, linda!=***

  3. Diana, conheci seu blog ontem…. Amei demais!!!
    Parabéns! Você tem muito talento, simpatia e sabedoria!
    Gostaria de algumas dicas pra escrever bem como você escreve!!!
    Você me inspirou muito!!! Nunca abandone esse blog!!!
    *-*

    Beijãão
    Camila Rodrigues, Catanduva, SP.

    • Ei Camila! Muito prazer tê-la aqui! Seja bem-vinda! =)

      Obrigada pelas suas palavras carinhosas e animadoras! E quanto ao tema que você sugeriu, pode deixar que farei um post especialmente dedicado a você!

      Super beijo!! =**

Deixe um recadinho =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s